Dados apurados por estudantes do curso de Ciências Econômicas da Face (Faculdade de Administração, Ciências Contábeis e Economia) da (Universidade Federal da Grande Dourados) revelam queda no da cesta básica em Dourados. A pesquisa faz um comparativo entre os meses de setembro e outubro.

Conforme o levantamento, o trabalhador douradense desembolsou, em média, R$ 623,63, equivalente a 47,24% do salário mínimo. Em setembro, o valor era R$ 634,07 ou 48,04% do mínimo. A pesquisa dos acadêmicos utiliza o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) como base para coletar informações.

Os itens pesquisados são açúcar, arroz, banana, batata, café, carne, farinha de trigo, feijão, leite, margarina, óleo de , pão francês e tomate. 

“Nestes 10 meses, a carne teve uma queda de mais de 5%. Outros produtos que corroboraram com a queda de preços da cesta foram óleo de soja com 30,70% de queda”, diz um trecho do estudo.

Entre os produtos que apresentaram queda, está o tomate, com 16,08%, seguido pela banana com 12,72%, o leite atingindo 6,42%, assim como a manteiga com uma queda de 4,92% e a carne, 0,79%. 

Saiba Mais