Um candidato do TAF (Teste de Aptidão Física) do concurso da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul passou mal durante a corrida, na manhã deste sábado (5), no Centro Olímpico da Vila Nasser. 

Era por volta de 7h50, quando o candidato foi ao chão. Uma ambulância que estava no local prestou atendimento ao participante. Hoje é o último dia de provas e é reservada para os candidatos homens. 

De acordo com uma pessoa que tem acompanhado as provas, e que terá a identidade preservada, há duas ambulâncias no local. Contudo, nos primeiros dias havia somente um veículo no local.

A temperatura em , nesta manhã, marca 24°C, mas a previsão é que os termômetros cheguem aos 33°C até o fim do dia. Mato Grosso do Sul sofre com uma onda de calor, que deixa o tempo quente e seco. 

A umidade relativa do ar, na última semana, variou entre 15-25%, enquanto o ideal recomendado pela OMS (Organização Mundial de Saúde) é entre 50-60%. 

O último dia de provas, neste sábado, prevê corrida de manhã no Centro Olímpico da Vila Nasser e à tarde, a partir das 14h30, flexão e abdominal para os homens no ginásio da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco). 

Mesmo faltando mais de seis horas para o começo da prova à tarde, candidatos que terminaram a etapa da corrida já formam fila para esperar pela prova, que é por ordem de chegada.

Morte durante prova

O candidato do concurso da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, Arthur Matheus Martins Rosa, de 25 anos, morreu após passar mal na prova do TAF (Teste de Aptidão Física) na quinta-feira (3).

De acordo com o boletim de ocorrência registrado pela família, o candidato teria ficado 7 horas sem comer e beber água.

Arthur é de e a irmã dele contou na que recebeu uma ligação na quinta-feira (3) informando que o irmão havia passado mal durante a etapa do concurso e que havia sido socorrido para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Coronel Antonino, em Campo Grande.

O concurseiro foi transferido para o do Pênfigo, mas acabou não resistindo e morreu. De acordo com a irmã de Arthur, outros candidatos falaram para ela que eram proibidos de beber água e se alimentar depois de entrar no local para esperar o início da prova.

Arthur teria chegado ao local do TAF por volta das 6 horas da manhã e ficou cerca de 7 horas sem comer ou beber água, até às 13 horas debaixo de um sol de 37°C. O caso foi registrado como morte natural.

Candidatos desmaiam durante TAF da PM

Em vídeos enviados por leitores ao Jornal Midiamax, dois candidatos aparecem desmaiando durante a prova que acontece no Centro Olímpico da Vila Nasser, sob sol forte, no dia 3. 

A cidade enfrenta índices críticos de umidade relativa do ar, que, segundo o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo e do Clima), varia de 10 a 30%. O teste de aptidão é a 4ª fase do concurso da PM, que acontece até este sábado (5), com resultado publicado no dia 31 de agosto.

As exigências do TAF incluem, para homens, flexão e extensão de membros superiores na barra fixa, flexão abdominal, carl-up e corrida de 12 minutos. Para as mulheres, flexão de braços no solo (exercícios de apoio), flexão abdominal, carl-up, corrida de 12 minutos.

Fale com o Midiamax

Tem alguma denúncia, flagrante, reclamação ou sugestão de pauta para o Jornal Midiamax? Envie direto para nossos jornalistas pelo WhatsApp (67) 99207-4330. O anonimato é garantido por lei.

Acompanhe nossas atualizações no Facebook, Instagram e Tiktok