As altas temperaturas que não dão trégua em deixam a vida de idosos mais difícil em Campo Grande. Na manhã desta quarta-feira (15), uma equipe do Corpo de Bombeiros foi mobilizada para atender um cliente de uma que desmaiou.

De acordo com o Corpo de Bombeiros, uma equipe da URSA (Unidade de Resgate de Serviço Avançado) socorreu o idoso, que desmaiou em uma padaria localizada na Rua Bom Pastor, em Campo Grande.

A reportagem apurou que o homem recobrou a consciência minutos após ser socorrido. O estado de saúde do homem é estável.

Cuidados com calor

Intensificar a atenção na alimentação e hidratação de idosos e é essencial nesta semana, já que são mais vulneráveis. A nutricionista Luciane Gonzalez diz que é importante observar a quantidade de líquido que essa faixa etária consome, pois, geralmente, crianças ingerem água quando é oferecido ou sentem muita sede, já os idosos tomam pouca água.

Ela sugere a quantificação de líquido e monitoramento para que crianças e idosos fiquem bem hidratados.

“Optar também pelas frutas da época e com maior quantidade de água. É importante saber que a hidratação reflete na ingestão hídrica e também umidade do ambiente, pois em casos onde o ambiente é sem umidade adequada necessitamos de maior quantidade de água. Por isso em ambientes com ar-condicionado e ambientes com umidade do ambiente baixa manter umidificador ligado o tempo todo”, explica.

Caso a água não agrade o paladar da criança ou idoso, a recomendação da profissional é ter alternativas como sucos naturais, água gasificada e saborizada, frutas com maior quantidade de líquido e evitar alimentos industrializados.

“Alimentos gelados são mais refrescantes, colaborando com melhora da temperatura corporal. Além disso, precisamos ficar atentos para as pessoas que não falam como os acamados, pessoas com demência ou outras doenças neurológicas com suor excessivo, boca seca, urina concentrada, pois são sinais de desidratação. Sinais de boca seca, urina concentrada e ficar mais de seis horas sem urinar são sinais preocupantes, ou algum problema disfunção do próprio organismo, ou baixa ingestão hídrica”.

💬 Receba notícias antes de todo mundo

Seja o primeiro a saber de tudo o que acontece nas cidades de Mato Grosso do Sul. São notícias em tempo real com informações detalhadas dos casos policiais, tempo em MS, trânsito, vagas de emprego e concursos, direitos do consumidor. Além disso, você fica por dentro das últimas novidades sobre política, transparência e escândalos.
📢 Participe da nossa comunidade no WhatsApp e acompanhe a cobertura jornalística mais completa e mais rápida de Mato Grosso do Sul.

Saiba Mais