A situação de um ponto de ônibus localizado no é motivo de preocupação entre usuários de transporte público de Campo Grande. Vídeo gravado na manhã desta terça-feira (21) mostra a base da estrutura corroída por ferrugem e com risco de desmoronar.

Leitor do Jornal Midiamax, Albino Centurion de Almeida trabalha como pintor numa da região. Ele passou pelo local nesta manhã e mostrou os estragos. Pelas imagens, é possível ver que a ferrugem corroeu a base do ponto e que parte do metal se soltou.

“Esse ponto está desse jeito faz horas, está para cair para trás já. Um pessoal passou por trás do ponto e eu alertei hoje cedo para ter cuidado. A ferrugem comeu todinho o pé dele. Só tem um lado segurando”, diz.

O ponto fica situado na saída para Três Lagoas. Confira:

(Vídeo: Leitor Midiamax)

O que diz a prefeitura

Em nota, a prefeitura de Campo Grande disse que trabalha “rotineiramente implantando novos abrigos para pontos de ônibus além de dar a manutenção dos já existentes nas sete regiões da cidade. A ressalta que irá encaminhar uma equipe ao local para as devidas manutenções”.

Saga dos pontos de ônibus

Não é a primeira vez que o descaso com a prestação de serviços do transporte coletivo chama atenção em Campo Grande. Em janeiro, o Jornal Midiamax encontrou um ponto de ônibus da Avenida Afonso Pena apoiado com tijolos.

Blocos de tijolo sustentam banco do ponto de ônibus
Blocos de tijolo sustentam banco do ponto (Foto: Nathalia Alcântara, Midiamax)

O improviso de tijolos para ‘calçar’ o banco gerou revolta de quem precisava se sentar em um pedaço de ferro ‘bambo’ para ir ao trabalho ou voltar para casa. O banco de ferro, já consumido pela ação do tempo, estava apoiado em dez blocos de tijolos de cimento, cinco de cada lado para garantir certo equilíbrio.

A implantação e manutenção de pontos de ônibus, seja os postes verticais de madeira que não protegem do vento, sol ou chuva, ou os abrigos com proteção, é de responsabilidade do município. A última licitação lançada pela prefeitura para instalação de novos pontos de que se tem notícia foi em outubro de 2018.

Saiba Mais