Um idoso, de 80 anos, foi atacado por abelhas da espécie – ou seja, que possuem ferrão – na tarde desta segunda-feira (22) em um condomínio localizado no Bairro Monte Alegre, em . Um apicultor retornaria ao local no período noturno para terminar de fazer o extermínio após as abelhas terem ficado alvoroçadas pela manhã.

O idoso foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) após levar cerca de 10 picadas. Ele tomou antialérgico e foi socorrido até o CRS (Centro Regional de Saúde) Tiradentes. As abelhas estavam no teto de um dos blocos, entre o telhado e a laje.

Conforme explicado pela síndica do condomínio, Eurides Marinheiro de Lima, de 58 anos, ao Jornal Midiamax, há duas semanas as abelhas começaram a aparecer no local onde foram encontradas. Moradores a avisaram e ela disse ter acionado o Corpo de .

Os militares teriam ido até o condomínio na quarta-feira (17) e feito uma vistoria. Entretanto, a quantidade de abelhas já estava muito grande e a síndica teria sido orientada a chamar um apicultor, que iniciou o extermínio na manhã desta segunda (22).

A síndica ainda relatou que o profissional compareceu ao condomínio, por volta das 9h, e as abelhas teriam começado a ficar alvoroçadas durante o trabalho, quando ele prometeu retornar às 18h. Ela afirmou que não é a primeira vez que abelhas são vistas no condomínio, já que os blocos ficam atrás de um conjunto de chácaras.

A síndica explicou que emitiu um comunicado aos moradores pedindo para que eles não ficassem nas áreas comuns, a fim de evitar acidentes. Contudo, testemunhas disseram terem visto o idoso junto a um próximo de onde as abelhas estavam. O idoso não seria morador do local, e sim sua filha.

Equipes do Corpo de Bombeiros continuarão pelo condomínio fazendo a prevenção dos espaços, até que as abelhas não ofereçam mais riscos.