Os fortes registrados na noite deste domingo (13) derrubaram o muro de uma residência localizada no , em . O momento foi flagrado por câmeras de segurança.

Na publicação, realizada nas redes sociais, é possível ver o momento em que o vento se intensifica, derrubando a estrutura de tijolos. A princípio, ninguém se machucou.

Confira o vídeo:

Anteriormente, um morador, que preferiu não se identificar, flagrou o momento em que uma gigantesca nuvem de tempestade encobre parte de Campo Grande.

Conforme apurado pela reportagem, o Corpo de Bombeiros já recebeu diversas chamadas relacionadas aos ventos registrados no período da noite.

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) emitiu alerta de perigo para 50 cidades de que podem registrar tempestades severas.

Conforme o alerta, Campo Grande e mais 49 municípios podem ter com volumes de até 100 milímetros, queda de granizo e ventania de até 100 quilômetros por hora, entre elas .

A tempestade pode causar estragos em plantações, corte de elétrica, queda de árvores e riscos de alagamentos.

O alerta para que em caso de temporal, os moradores não se abriguem debaixo de árvores e não estacione veículos perto de torres de transmissão. Desligar aparelhos elétricos também é aconselhável.

Confira o vídeo feito pelo morador:

Tempestade em Ponta Porã

Ao longo da madrugada e manhã de domingo, quatro tempestades seguidas que atingiram os bairros Vila Áurea, Residencial, Nova Ponta Porã e Marambaia.

Vídeos enviados ao Jornal Midiamax mostram casas sujas de lama, alagadas, com portões caídos e moradores tentando salvar móveis às pressas em Ponta Porã.

A Defesa Civil já atendeu mais de 34 famílias na cidade.

De acordo com a secretária de Assistência Social, Vera de Oliveira, as famílias estão sendo atendidas com alimentos, roupas, cobertores e outras necessidades.

Além disso, o secretário de Segurança do município, Marcelino Nunes, afirmou que o telefone 153 está disponível para que a população possa pedir por ajuda.