Prefeitura de Dourados inicia segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe e Sarampo

Ampliação dos grupos prioritários começou nesta terça-feira (03)
| 03/05/2022
- 16:23
Prefeitura de Dourados inicia segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe e Sarampo
Vacina, ilustrativa (Foto: Henrique Arakaki / Jornal Midiamax)

A Prefeitura de , por meio do núcleo de imunização da Sems (Secretaria Municipal de Saúde), iniciou a segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe e Sarampo nesta terça-feira (03), ampliando os grupos prioritários. As doses estão disponíveis nas Unidades de Saúde com atendimento das 7h às 11h, das 13h às 17h.

Nesta nova fase, podem se vacinar:

• Crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias) – sarampo e ;

• Gestantes e puérperas;

• Povos indígenas;

• Professores;

• Comorbidades;

• Pessoas com deficiência permanente;

• Forças de segurança e salvamento e Forças Armadas;

• Caminhoneiros e trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso;

• Trabalhadores portuários;

• Funcionários do sistema prisional;

• Adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas;

• População privada de liberdade.

Segundo dados do Ministério da Saúde, até hoje, o município vacinou 17,7% do público alvo contra a influenza, sendo aplicadas 13.793 doses. A meta é vacinar 77 mil pessoas. A vacina Influenza trivalente utilizada pelo SUS é eficaz contra as cepas H1N1, H3N2 e tipo B.

“Se você faz parte do grupo desta nova fase da campanha procure uma unidade de saúde com documento e a carteira da vacinação. Vale reforçar que a Influenza é uma doença infecciosa, aguda, transmissível e extremamente contagiosa, podendo evoluir com complicações e óbito, por isso a importância da imunização”, explica Edvan Marcelo Morais Marques, secretário adjunto de Saúde.

É importante destacar que as crianças precisam receber, além da vacina contra a Influenza, o imunizante contra o Sarampo. Não há necessidade de cumprir intervalo para a aplicação das doses. Dessa forma, as duas vacinas poderão ser administradas no mesmo dia.

Desde a primeira etapa, os profissionais de saúde também podem atualizar a carteira de vacinação com vacina tríplice viral. A campanha vai até o dia 3 de junho em todo o país.

Veja também

Com greve de motoristas descartada, ônibus devem circular normalmente nesta quinta

Últimas notícias