Terreno baldio acumula sujeira e tem casa abandonada ocupada por usuários de droga no bairro Monte Castelo

Além disso, o local acumula sujeira e contribui para a proliferação de bichos no bairro
| 01/02/2022
- 21:06
Terreno baldio não passa por manutenções e ocasiona transtornos no bairro.
Terreno baldio não passa por manutenções e ocasiona transtornos no bairro. - Foto: Moradora do bairro

Moradores do Monte Castelo reclamam de casa abandonada que virou ponto de usuário de drogas, além da de terrenos baldios na região, que são locais de proliferação de mosquitos e insetos.

O terreno localizado na Rua Doutor Meireles está gerando transtornos de saúde e segurança para os moradores do bairro. Uma das moradoras, que prefere não se identificar, relata que a falta de limpeza do local contribui para a proliferação de bichos como escorpião, ratos e caramujos no bairro. Além disso, o terreno também possui uma caixa d'água com acúmulo de água das chuvas e bichos, o que favorece a proliferação de mosquitos como Aedes aegypti - transmissor de doenças como a dengue, zika e chikungunya.

[Colocar ALT]
Casa é abandonada e utilizada como ponto de uso de drogas. (Foto: Moradora do bairro)

De acordo com moradora, a casa abandonada no interior do terreno baldio funciona como um ponto de uso de drogas e deixa o bairro suscetível a invasões e roubos. "Temos que ficar de portas fechadas o tempo todo. Criamos um grupo de mulheres por conta de ladrões, eles já entraram na casa ao lado (...) Vivemos a mercê de vagabundos que ficam a noite nesse local", desabafa. Além disso, a moradora também esclarece que os usuários de droga usam o terreno baldio para fazer suas necessidades fisiológicas, o que ocasiona um cheiro insuportável no bairro.

A reportagem do acionou a Prefeitura Municipal de Campo Grande para tratar da situação do terreno baldio, mas ainda não obteve retorno. O espaço segue aberto para manifestação.

Veja também

Trechos serão liberados entre terça e quarta

Últimas notícias