Mesmo com aumento dos casos de Covid-19, testes seguem apenas nas unidades de saúde da Capital

Com cerca de 250 coletas por dia, Sesau não vai reabrir polo de testagem
| 31/05/2022
- 08:59
Aumentos de casos de Covid-19 em MS
Aumentos de casos de Covid-19 em MS. (Foto: Marcos Ermínio)

Mesmo com aumento no número de casos de em Mato Grosso do Sul, a procura pela realização de testes para detectar a doença não aumentou significativamente em Campo Grande. De acordo com a prefeitura de Campo Grande, os testes seguem sendo realizados apenas nas 72 UBSFs (Unidade Básica de Saúde da Família) da Capital e não há previsão de abertura de um novo polo ou da reabertura do Centro de Testagem da UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), que funcionava em frente à Praça do Rádio Clube e foi fechado no dia 16 de maio. 

A capacidade instalada é de realizar de 1,5 mil a 2 mil testes por dia nestes locais. Hoje a média diária tem sido de 200 a 250 coletas por dia, não havendo portanto, neste momento, a necessidade de abertura de um novo polo para testagem”, explicou por meio de nota. A prefeitura ainda informou que o município pode definir novas estratégias caso haja necessidade.

Vale lembrar que não é necessário fazer o agendamento para realizar o teste de Covid nas unidades de saúde de Campo Grande.

Não é somente na rede pública que poucas pessoas têm procurado o teste para Covid-19. Os autotestes para Covid-19 não apresentaram uma demanda expressiva nas farmácias do Centro de Campo Grande. 

Aumentos de casos de Covid-19 em MS

Em matéria publicada na última segunda-feira (30), o mostrou que, em apenas cinco dias, Mato Grosso do Sul registrou 1.980 novos casos confirmados de Covid-19. O total é 384% maior do que a quantidade de casos novos registrados na semana passada em relação à anterior. 

No último boletim divulgado pela SES no dia 24 de maio, Mato Grosso do Sul tinha 532.048 casos confirmados da doença. O Painel do Ministério da Saúde revela que até a tarde do domingo (29), o Estado tem um total de 534.028, aumento de 1.980 casos no intervalo de cinco dias. Média de 396 novos registros por dia.

Veja também

A taxa de desemprego no Brasil chegou a 9,4% em abril deste ano, o menor...

Últimas notícias