Autotestes para covid não 'vingam' em Campo Grande em meio a nova alta de casos

Abrafarma registrou um aumento de testes com resultado positivo realizados em farmácias do Mato Grosso do Sul, no período entre abril e maio
| 29/05/2022
- 13:04
autoteste
Três modelos de autoteste encontrados em Campo Grande (Foto: Marcos Ermínio / Jornal Midiamax)

Seja por falta de confiança ou conhecimento, os autotestes para Covid-19 não apresentaram uma demanda expressiva nas farmácias do Centro de Campo Grande. Em contrapartida, os casos positivos começam a subir no Mato Grosso do Sul e o teste executado em uma das drogarias voltou a ser o foco das atenções.

Em um estabelecimento na avenida Rui Barbosa o farmacêutico Gilberto Miranda, de 41 anos, notou uma baixa procura em relação aos autotestes. “Ele é vendido a R$ 69,90. Sai um a cada 15 dias”, disse ele.

Em correlação com os dados anteriores, o farmacêutico identificou um aumento significativo na procura pelos testes realizados na própria farmácia. “Na semana passada começou a aumentar a procura pelos testes de Swab [o cotonete] realizados aqui, cerca de 35% a mais. Para fazer no local o teste sai a R$ 100,00”, disse ele. 

Com 22 anos de experiência na área, o profissional interpretou o fenômeno. “A pessoa prefere fazer aqui. Às vezes, precisa viajar e aqui sai com laudo que é certificado pelo laboratório. E as pessoas também têm medo de não saber usar”, disse ele.  

Autoteste
Autoteste (Foto: Marcos Ermínio / Jornal Midiamax)

Em uma drogaria na avenida Marechal Cândido Rondon, a farmacêutica Heminy Choker sentiu um fenômeno parecido. “O autoteste custa R$ 59,90. Sai muito pouco, as pessoas têm receio de fazer em e preferem fazer na farmácia. Realizávamos o teste aqui, mas paramos por conta da baixa demanda”, explicou.

Em outro estabelecimento farmacêutico na mesma avenida, a farmacêutica Jéssica de Alcantra, de 32 anos, notou o mesmo comportamento nos clientes. “O autoteste tem pouca procura, devido à falta de conhecimento [das pessoas] sobre o autoteste. Muitos nos perguntam se é confiável, nós explicamos que sim. Eles têm procurado a farmácia para realizar o autoteste neles, mas não fazemos”.

“Está abaixo do esperado, mas acho que vão procurar devido à subida no número de casos e a pessoa querer saber o que está sentindo”, disse ela. No local, os testes são vendidos por R$ 64,90.

Testes positivos aumentam em farmácias do MS

Os dados apresentados pela Abrafarma (Associação Brasileira das Redes de Farmácias e Drogarias) mostram um decréscimo na realização de testes em farmácias do Mato Grosso do Sul, mas com um aumento no número de casos entre abril e o dia 15 maio.

283780924 1153738398812343 3335185665093643878 n - Autotestes para covid não 'vingam' em Campo Grande em meio a nova alta de casos
(Foto: Divulgação / Abrafarma)

Os números apresentados na tabela correspondem às redes associadas à Abrafarma. Composta pelas 26 maiores do país, segundo a associação.

Aumento de casos

De acordo com o boletim epidemiológico da SES (Secretaria de Estado de Saúde), entre os dias 10/05/2022 e 17/05/2022, o número de mortes por Covid-19 saiu de 10.543 para 10.550. Com a média de mortes em 7 dias de 1,0.

Entre os dias 17/05/2022 e 24/05/2022 o número foi de 10.550 para 10.565. A média de mortes em 7 dias subiu de 1,0 para 2,1.  

Veja também

Diversas outras apostas conseguiram faturar prêmios menores

Últimas notícias