Como afirma o narrador esportivo Galvão Bueno, “Haja Coração” para aguentar as emoções durante os jogos da Copa do Mundo. A competição começa no próximo domingo (20) e pode ser responsável pelo aumento de infartos nesse período, como demonstram estudos realizados nos últimos anos.

Uma pesquisa feita pela USP (Universidade de São Paulo), durante a Copa do Mundo na Rússia, em 2018, mostrou que a incidência de infarto aumenta de 4% a 8% entre os brasileiros durante o torneio. O período deve ser de cuidado, especialmente para os que têm problemas cardiovasculares ou histórico familiar da doença.

“A dor no peito sempre deve ser um sinal de alerta e, nesses casos, o melhor é procurar um serviço de urgência e emergência”, orienta o cardiologista dos hospitais Marcelino Champagnat e Universitário Cajuru, Gustavo Lenci Marques.

Escolher alimentos saudáveis e eliminar ultraprocessados podem ajudar na saúde. Para quem gosta de beber durante as partidas, a recomendação é manter uma boa hidratação.  

“A conta é bem simples: a cada latinha de cerveja consumida, intercale com 100 ml de água. Isso evita a desidratação e a ressaca do dia seguinte”, explica a nutricionista do Grupo Marista, Patricia Sone

Com informações da Assessoria