Na manhã deste domingo (13), os 43,5 mil candidatos que irão fazer o (Exame Nacional do Ensino Médio) em Mato Grosso do Sul já estão na expectativa e fazendo os últimos preparos para a prova. Por isso, é importante relembrar o que pode ou não pode fazer no Enem, para evitar desclassificação.

O (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), órgão vinculado ao MEC (Ministério da Educação), reforça as orientações aos participantes do Enem, para que tudo ocorra com tranquilidade e segurança.

Antes de entrar na sala, o participante receberá um envelope porta-objetos para guardar todos os itens proibidos. É obrigatório que os equipamentos eletrônicos estejam desligados e sejam guardados dentro do envelope, e que este seja alojado debaixo da carteira.

Tudo envelopado

Será eliminado o participante que portar qualquer um dos itens a seguir fora do envelope porta-objetos fornecido pelo aplicador da prova do Enem, ao ingressar na sala de provas:

  • Declaração de comparecimento impressa;
  • Óculos escuros e artigos de chapelaria, como boné, chapéu, viseira, gorro ou similares;
  • Caneta de material não transparente, lápis, lapiseira, borrachas, réguas, corretivos;
  • Livros, manuais, impressos, anotações;
  • Protetor auricular;
  • Relógio de qualquer tipo;
  • Quaisquer dispositivos eletrônicos, como telefones celulares, smartphones, tablets, wearable tech, máquinas calculadoras, agendas eletrônicas e/ou similares, ipods, gravadores, pen drive, mp3 e/ou similar;
  • Alarmes, chaves com alarme ou com qualquer outro componente eletrônico;
  • Fones de ouvido e/ou qualquer transmissor, gravador e/ou receptor de dados, imagens, vídeos e mensagens;
  • Quaisquer outros materiais estranhos à realização da prova.

É proibido portar bebidas alcoólicas e usar drogas ilícitas ou cigarros e outros derivados do tabaco, no local de provas.

É importante ressaltar que às 11h (horário de ), começarão os procedimentos de identificação com a abertura dos portões. A ida ao banheiro após esse horário requer nova identificação do participante para retorno à sala. Os candidatos devem se planejar para não perder a hora do Enem.

Agora é hora de separar o cartão de confirmação, a caneta preta com embalagem transparente, a garrafa de água, também com embalagem transparente, e o lanchinho.

Horários e local de prova

Os candidatos já podem consultar os locais das provas do Enem divulgados na Página do Participante, neste link. Participantes devem ficar atentos ao local para se programar com transporte e chegar antes do fechamento dos portões.

A informação do local de prova do Enem está disponível no cartão de confirmação. Embora não seja obrigatória, o Inep recomenda a impressão do documento.

No primeiro dia de Enem em Mato Grosso do Sul, os portões serão abertos às 11h, com fechamento às 12h e as provas terão início às 12h30, com término às 18h.

O que levar para comer?

É comum ver estudantes levando doces, balas e chocolates para os dias de prova, porém, eles possuem uma grande quantidade de açúcares podem ser prejudiciais no nível de glicemia do corpo, conforme publicou o Portal Prepara Enem.

enem alimentos
Alimentos gordurosos devem ser evitados; frutas são boas opções (Foto: Nathalia Alcântara/ Jornal Midiamax)

A escolha dos alimentos para serem consumidos durante as provas do Enem é fundamental, segundo nutricionistas ouvidos pelo Brasil Escola, que elencaram os produtos recomendados para levar nos dias de prova do Enem:

  • Frutas, tais como a banana e a maçã
  • Barra de proteínas
  • Sanduíche natural
  • Chocolates com maior teor de cacau
  • Castanhas
  • Iogurtes proteicos

Além disso, para manter o corpo hidratado durante o exame, recomenda-se levar uma garrafa d'água. Confira mais detalhes aqui.

Enem 2022

No primeiro dia, além da redação, serão aplicadas as provas de linguagens, códigos e suas tecnologias e ciências humanas e suas tecnologias. Já no segundo dia, em 20 de novembro, os participantes realizarão as provas de ciências da natureza e suas tecnologias, assim como de matemática e suas tecnologias.

Em Mato Grosso do Sul 43.590 se inscreveram no exame, sendo que em Campo Grande, 17.028 pessoas optaram pelo Enem impresso e outras 1.115 pelo digital, somando 18.143 inscritos.