O (Centro de Monitoramento do Tempo e Clima) indica que a chuva acontece devido à convergência de umidade, aliada à atuação de um sistema frontal oceânico e a passagens de cavados (áreas alongadas de baixa pressão) em médios níveis e ao aquecimento diurno. “Estes sistemas favorecerão a formação de instabilidades no estado, principalmente na porção norte das regiões centro-norte, pantaneira e leste do estado. Nestas regiões, pontualmente, podem ocorrer acumulados significativos de chuvas, podendo atingir valores entre 50-100mm”.

Em Campo Grande, a previsão é de chuva com máxima de 28ºC. Em Dourados também chove e as temperaturas chegam a 34ºC. Em Corumbá, há previsão de chuva e máxima de 37ºC.