Secretário do Ministério do Meio Ambiente entrega veículos e equipamentos em MS nesta quarta-feira

Iniciativa ocorre no âmbito do Programa Lixão Zero e beneficiará cerca de 50 mil pessoas
| 12/10/2021
- 21:56
secretário nacional de Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente
secretário nacional de Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, André França - Reprodução

O secretário nacional de Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, André França, estará na quarta-feira (13) nos municípios de e Jardim, em Mato Grosso do Sul, para entregar 10 veículos e 16 equipamentos para o sistema de coleta seletiva de resíduos recicláveis e disposição final ambientalmente adequada. A iniciativa integra o Programa Lixão Zero.

A primeira agenda ocorrerá em Costa Rica, onde o investimento total foi de R$ 4.018.059,09 e beneficiará cerca de 21,5 mil moradores da região. Ao todo, serão entregues um caminhão compactador; um caminhão basculante; um caminhão gaiola; um caminhão pipa; um rolo compactador; uma pá carregadeira; um trator de esteira e uma pá carregadeira compacta. Os equipamentos consistem em uma moega para recepção; um triturador de vidros; duas prensas hidráulicas verticais; uma prensa hidráulica horizontal; um triturador de orgânicos; uma empilhadeira elétrica; duas esteiras transportadoras e uma esteira de elevação. O resultado será a destinação final ambientalmente adequada de 7.200 toneladas de resíduos por ano.

Na cidade de Jardim, serão 26,3 mil beneficiados a partir do investimento total de R$ 1.017.502,05 em um caminhão compactador; um caminhão toco para coleta seletiva; um triturador de vidro, uma prensa hidráulica, uma compactadora enfardadora; uma esteira de triagem; duas balanças, contribuindo para melhorar a gestão de quase 8.000 toneladas de resíduos gerados por ano na cidade.

O secretário André França também cumprirá agenda em Campo Grande, onde participará de campanha modelo para descarte consciente de eletroeletrônicos. Essa medida, que faz alusão ao dia do resíduo eletroeletrônico (14), integra uma série de ações realizadas pelo Ministério para a implementação da logística reversa de eletroeletrônicos, um sistema que permite o retorno de materiais para o setor produtivo, gerando empregos verdes, ao mesmo tempo que contribui para a preservação de recursos naturais e reduz a disposição inadequada dos eletroeletrônicos descartados pelo consumidor, o que poderia causar poluição do solo e das águas.

Este é mais um passo do Ministério do Meio Ambiente, no âmbito da Política Nacional de Resíduos Sólidos e do Novo Marco Legal do Saneamento, que por meio da Agenda Ambiental Urbana leva mais saúde e qualidade de vida para os brasileiros.

Veja também

Os salários oferecidos são de R$ 3,6 mil para 40 horas semanais de trabalho

Últimas notícias