Cotidiano

Novo toque de recolher em Dourados, das 21 às 5h, entra em vigor nesta sexta

Decreto com outras medidas restritivas foi publicado em Diário Oficial do Município

Marcos Morandi Publicado em 25/06/2021, às 07h23

Medidas estão vigentes até o dia 1º de julho
Medidas estão vigentes até o dia 1º de julho - Franz Mendes

A partir desta sexta-feira (25), até o dia 1ºde julho, passam a vigorar novas medidas restritivas em relação à pandemia do coronavírus em Dourados. Entre elas, o toque de recolher das 21h às 5h, em virtude da classificação da cidade com bandeira vermelha.

De acordo Decreto Municipal nº 461, está permitido o funcionamento de praticamente todas as atividades econômicas, mas os estabelecimentos devem continuar cumprindo as medidas e protocolo de biossegurança.

Ainda segundo as novas medidas assinadas pelo prefeito Alan Guedes (PP) e pelo procurador geral do município, Paulo César Nunes da Silva, fica autorizado o serviço de delivery de comida pronta para o consumo até às 23h, todos os dias, mas a partir das 21h fica vedada qualquer forma de venda de bebidas alcoólicas, de forma presencial ou delivery.

A Prefeitura de Dourados publicou o novo Decreto Municipal nº 461, que define as novas medidas restritivas a serem tomadas contra a pandemia da covid-19, entre elas, o horário do toque de recolher das 21h às 5h.

Além disso, ainda continua proibido à permanência e aglomeração de pessoas na porta ou no entorno de lanchonetes, restaurantes, conveniências, bares, distribuidoras de bebidas e similares a qualquer hora do dia e da noite.

As apresentações com música ao vivo também estão permitidas, entreanto, segue proibida, a prática da dança. Fica autorizado o funcionamento das feiras locais. Festas, eventos e comemorações, inclusive em residências seguem proibidas, assim como a prática esportiva coletiva amadora, sendo permitida a prática esportiva individual, inclusive ao ar livre, e a prática esportiva do tênis e similares no formato simples (1 x 1).

Fica autorizada, para realização de atividades físicas orientadas, desde que supervisionadas pela Fundação de Esportes de Dourados, a abertura do espaço público denominado Centro Popular de Cultura, Esporte e Lazer Jorge Antônio Salomão (Jorjão), bem como, o treinamento por parte das equipes comprovadamente classificadas em campeonatos promovidos pelas Federações, Confederações, Comitês Olímpico e Paralímpico Nacionais, Funed e Fundesporte.

Vacinação

A celeridade na imunização e as mudanças para agilizar o fluxo de atendimento fez com que Dourados chegasse a resultados positivos como a abertura de vaga de leito de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do SUS, depois de 90 dias com fila de espera. O município já vacinou 92.526 pessoas com a dose 1 e 36.930 já tomaram a segunda dose.

Os dados positivos vieram depois que Dourados decretou lockdown entre os dias 30 de maio e 12 de junho. No dia 31 de maio, a fila de espera por uma UTI Covid estava com 59 pacientes.

“O esforço coletivo continua sendo muito importante neste momento e não podemos baixar a guarda. Vamos continuar com todos os cuidados, todas as medidas preventivas contra a contaminação da Covid-19 ainda são necessárias. Use a máscara, o álcool em gel, o distanciamento físico e evite aglomerações”, ressalta o Prefeito Alan Guedes.

Jornal Midiamax