Os médicos do corpo clínico da Santa Casa de Corumbá estão sem receber salário há três meses, informou o (Sindicato dos Médicos de Mato Grosso do Sul). São 50 profissionais sem pagamento, que seguem atuando na linha de frente da Covid-19.

Conforme explicou o sindicato ao Jornal Midiamax, os profissionais encaminharam documento para a prefeitura e para a gestão da Santa Casa com a expectativa de que a situação se resolva. “O sindicato está ciente e tomara às providências cabíveis para auxiliar os médicos”, disse. 

Um dos médicos da Santa Casa, conversou com a reportagem e disse que a categoria tem enfrentado dificuldades para dialogar com a administração do hospital, que não responde às solicitações dos médicos.

“Já mandamos outros documentos para a administração, mas não respondem. Estamos apenas pedindo que nos respondam quando e como vão nos pagar. Não estamos pedindo aumento, apenas queremos receber pelo nosso trabalho”, afirmou. Ele destaca que a categoria na Santa Casa de Corumbá está sem reajuste salarial nos plantões há oito anos.

Em contato com o secretário de saúde, Rogério dos Santos Leite afirmou desconhecer a situação, pontuando que os repasses municipais estão em dia para a Santa Casa. No entanto, médico que conversou com a reportagem afirma que o Município está ciente de toda a situação enfrentada.

A reportagem entrou em contato com a Santa Casa de Corumbá para posicionamento, onde responderam posteriormente que repasse do Governo Fderal estaria prejudicando os pagamentos. Leia aqui.