Cotidiano

LISTA: alta no etanol e importação de combustível fazem gasolina chegar a R$ 6,71 em Campo Grande

Variação nos preços deve ser algo recorrente por conta da importação, explica diretor do Sinpetro-MS

Gabriel Neves e Mylena Rocha Publicado em 03/11/2021, às 08h22

Em um posto localizado na Av. Afonso Pena, o valor chega a R$ 6,71, um dos mais caros de Campo Grande
Em um posto localizado na Av. Afonso Pena, o valor chega a R$ 6,71, um dos mais caros de Campo Grande - (Foto: Marcos Ermínio/Midiamax)

Um novo aumento no valor da gasolina é visível nos postos de combustíveis de Campo Grande, na manhã desta quarta-feira (3). O preço do litro da gasolina comum chega a R$ 6,71 — mais caro do que o maior valor encontrado (de R$ 6,62) após o reajuste anunciado pela Petrobras no último dia 25 de outubro.

Segundo o diretor técnico do Sinpetro-MS (Sindicato do Comércio Varejista de Combustíveis, Lubrificantes e Lojas de Conveniência de Mato Grosso do Sul), Edson Lazarotto, essa alta recente é resultado da importação de combustíveis liberada no último mês para evitar desabastecimento.

“A Petrobras está com dificuldades, com isso as distribuidoras estão importando e isso eleva o custo do combustível porque depende do dólar e da valorização do barril”, explica Lazarotto. Para o diretor técnico do Sinpetro-MS, essa mudança no valor passará a ser algo recorrente a depender de cada compra das distribuidoras.

Outro motivo da alta recente é o aumento do etanol utilizado na composição da gasolina. “Subiu R$ 0,35 e isso afeta a gasolina, que tem 27% de etanol na sua composição”, comenta Lazarotto.

Em um posto localizado na Rua Marechal Rondon o valor é de R$ 6,359. (Foto: Marcos Ermínio/Midiamax)

Com o atual cenário, a melhor saída para os motoristas é a pesquisa. O Jornal Midiamax realizou um levantamento dos preços cobrados nos postos de Campo Grande, encontrando o valor mais barato do litro da gasolina comum por R$ 6,29 e o mais caro por R$ 6,71. Com esses valores, o motorista gastaria R$ 301,95 para encher um tanque de 45 litros em um estabelecimento e R$ 286,2 para encher o mesmo tanque em outro.

A última ronda do Jornal Midiamax foi realizada na semana passada, quando o menor preço para a gasolina era de R$ 6,09, em um posto de combustíveis no centro da cidade. Se considerarmos o mesmo estabelecimento, agora a gasolina já custa R$ 6,49, mostrando um aumento de R$ 0,40 em apenas uma semana. 

Considerando a pesquisa realizada quase um mês atrás, a diferença no preço também assusta. No levantamento realizado no dia 9 de outubro, a gasolina mais barata custava R$ 5,85 no centro de Campo Grande. A diferença no preço em menos de um mês, no mesmo estabelecimento, é de R$ 0,64.

Confira os valores

Posto Milênio - rua Bahia

Gasolina comum: R$ 6,49

Gasolina aditivada: R$ 6,66

Alloy Auto Posto II - rua Mal. Rondon

Gasolina comum: R$ 6,359 – crédito R$ 6,51

Gasolina aditivada: R$ 6,39 – crédito R$ 6,54

Posto Tereré - av. Afonso Pena

Gasolina comum: R$ 6,71

Gasolina aditivada: R$ 6,79

Posto e Conveniência TAG - av. Mato Grosso

Gasolina comum: R$ 6,39 – crédito R$ 6,55

Gasolina aditivada: R$ 6,58

Posto Sol Nascente - av. Afonso Pena

Gasolina comum: R$ 6,49 – crédito R$ 6,69

Gasolina aditivada: R$ 6,69 – crédito R$ 6,84

Posto Itanhangá - rua Joaquim Murtinho

Gasolina comum: R$ 6,39 – crédito R$ 6,59

Gasolina aditivada: R$ 6,59

Autoposto Saito - av. Guaicurus, Universitário

Gasolina: R$ 6,29

Posto Pérola - av. Gury Marques, Vila Cidade Morena

Gasolina: R$ 6,49

Posto São Leopoldo - rua Ricardo Franco, Vila Sobrinho

Gasolina: R$ 6,39

Posto Pororoca - av. Marechal Rondon, Amambai

Gasolina: R$ 6,49

Posto Pororoca - av. Três Barras, Rita Vieira

Gasolina: R$ 6,49

Posto Vitória - av. Costa e Silva, Vila Progresso

Gasolina: R$ 6,65

Jornal Midiamax