Cotidiano

Indefinido: Governo de MS ainda não bateu martelo sobre antecipação de feriado

Com a iminência da prefeitura decretar a antecipação de quatro feriados municipais para a próxima semana, o Governo do Estado ainda não tem consenso sobre adiantar o Dia da Criação de Mato Grosso do Sul, em 11 de outubro, para a próxima sexta-feira (26). A administração estadual aceitou antecipar o feriado na Capital, segundo a […]

Adriel Mattos Publicado em 19/03/2021, às 15h01 - Atualizado às 17h03

Foto: Divulgação, CBMMS
Foto: Divulgação, CBMMS - Foto: Divulgação, CBMMS

Com a iminência da prefeitura decretar a antecipação de quatro feriados municipais para a próxima semana, o Governo do Estado ainda não tem consenso sobre adiantar o Dia da Criação de Mato Grosso do Sul, em 11 de outubro, para a próxima sexta-feira (26). A administração estadual aceitou antecipar o feriado na Capital, segundo a prefeitura.

A Subcom (Subsecretaria de Comunicação) informou ao Jornal Midiamax que ainda não tem definição, mas que a ideia está sendo discutida, e se confirmada, um decreto será publicado em edição extra do DOE (Diário Oficial Eletrônico) nesta sexta-feira (19).

Entenda

O Governo do Estado atualizou ontem o mapa do Prosseguir e Campo Grande é a única cidade com bandeira cinza. É a primeira vez no ano que a Capital entra na classificação mais rígida do programa, que recomenda o atendimento apenas de serviços essenciais.

A ocupação de leitos está acima do limite reconhecido pelo Ministério da Saúde. Com 104,68% das UTIs lotadas, Campo Grande tem mais leitos do que o oficial, o que faz com que o índice esteja acima dos 100%, segundo a SES (Secretaria de Estado de Saúde).

Com isso, a prefeitura decidiu antecipar feriados. Sem lockdown, a expectativa é que haja diminuição do contágio nos dias em que apenas os serviços como de saúde, segurança e comércio de alimentos vão operar.

“Há um prazo para evitarmos esse colapso. Acontece que as pessoas que ocupam os leitos de UTI, muitos deles não vem da Covid, a gente evitando a circulação de pessoas e diminuindo os horários da noite, podemos cuidar de quem está com Covid”, declarou o prefeito Marquinhos Trad (PSD) ontem.

Jornal Midiamax