Cotidiano

Força-tarefa de 460 servidores atua neste final de semana de chuva forte em Campo Grande

Além dos convocados, mais de 700 servidores estão de sobreaviso

Renata Barros Publicado em 23/10/2021, às 07h59

Previsão é que tempestade comece na noite deste sábado
Previsão é que tempestade comece na noite deste sábado - Foto: Arquivo/Midiamax

Com a previsão de chuva forte para este final de semana, a Prefeitura Municipal de Campo Grande montou uma força-tarefa especial para atender as possíveis demandas recorrentes do temporal. Foram convocados 460 servidores de diversas áreas para sábado (23) e domingo (24) e mais de 700 estão de sobreaviso desde sexta-feira (22).

Desde sexta-feira, 99 veículos estão à disposição — 36 caminhões, 3 caminhonetes e 60 veículos menores.

Infraestrutura e serviços públicos

Da Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos), 100 servidores estão realizando trabalhos preventivos nas ruas da Capital para evitar maiores transtornos para a população durante a tempestade.

Trânsito

A Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) também contará com 100 servidores, entre agentes e técnicos de semaforização e manutenção para atuar em casos de quebra de porta focos, semáforos intermitentes, danos a estruturas de braços dos semáforos, rompimento de fiação, entre outros serviços. Atualmente, Campo Grande conta com 571 conjuntos semafóricos.

Alerta: Sete regiões de Campo Grande podem ficar alagadas com temporal neste fim de semana

Saúde

Ao menos 50 servidores da Divisão de Manutenção da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) estão, desde sexta-feira (22), percorrendo as 104 unidades para manutenção preventiva como a verificação de calhas e de árvores próximas das unidades que podem oferecer risco de queda.

Assistência Social

Já na Assistência Social mais 100 servidores foram convocados, entre as equipes dos CRAS (Centro de Referência da Assistência Social) e do Seas (Serviço Especializado em Abordagem Social). Eles fornecerão benefícios eventuais como cestas básicas, colchões e cobertores, e também farão o acolhimento para abrigar pessoas em situação de ruas, assim como daquelas que precisarem desocupar moradias em situação de risco.

Além da Uaifa (Unidade de Acolhimento Institucional para Adultos e Famílias), a Prefeitura preparou mais uma estrutura para abrigar as pessoas, caso necessário.

Famílias estão recebendo ajuda para recuperar moradias desde o vendaval de poeira na sexta-feira (15). Foto: Reprodução

Habitação

A AMHASF (Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários) colocou 50 servidores de plantão para atender de imediato as famílias que precisarem de lonas ou telhas. O estoque de lonas é capaz de atender mais de 200 moradias e cerca de 350 telhas serão fornecidas para os casos de maior urgência.

A Agência de Habitação também vai monitorar os locais com previsão de maior incidência de alagamentos, colocando equipe de engenharia à disposição para avaliar as moradias que eventualmente ofereçam riscos de danos na estrutura.

Guarda civil

A Guarda Civil Metropolitana convocou cerca de 300 guardas para o final de semana, o que equivale a 30% do efetivo. Eles estão nas ruas para dar suporte aos órgãos da rede de controle de desastres, caso necessário. Os guardas estão à disposição da Defesa Civil, Agetran, Corpo de Bombeiros e demais secretarias.

A força-tarefa foi anunciada nesta sexta-feira durante coletiva de imprensa da Prefeitura Municipal. O prefeito da Capital, Marquinhos Trad (PSD) alertou a população para se preparar para a tempestade. “Se puderem, permaneçam em suas casas nesse período da noite de sábado até a manhã de domingo”, disse na ocasião.

A forte chuva está prevista para ocorrer entre às 20h deste sábado (23) até as 02h de domingo (24). Cerca de 71 mm de chuva estão previstos para o período.

Confira a seguir os canais disponibilizados pela prefeitura para atender às demandas da população durante este final de semana.

  • Central de teleatendimento do Fala Campo Grande: 156
  • Defesa Civil: 199 (24 horas)
  • SEAS: 98471-8149 /  98404-7529
  • Amhasf/ Auxílio emergencial: 3314-3900

Jornal Midiamax