Cotidiano

Fazendeiro de MS é autuado em R$ 50 mil por desmatamento de área protegida

Um fazendeiro, de 58 anos, foi autuado nesta terça-feira (23), por desmatamento 10 hectares de área protegida por lei, em Aquidauana, a 147 quilômetros de Campo Grande. A equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) realizava orientação de fazendeiros da região de prevenção de incêndios em propriedades rurais, quando flagraram a irregularidade. De acordo com a […]

Karina Campos Publicado em 24/03/2021, às 08h41

Cerca de 10 hectares foram desmatados. (Foto: Divulgação/PMA)
Cerca de 10 hectares foram desmatados. (Foto: Divulgação/PMA) - Cerca de 10 hectares foram desmatados. (Foto: Divulgação/PMA)

Um fazendeiro, de 58 anos, foi autuado nesta terça-feira (23), por desmatamento 10 hectares de área protegida por lei, em Aquidauana, a 147 quilômetros de Campo Grande. A equipe da PMA (Polícia Militar Ambiental) realizava orientação de fazendeiros da região de prevenção de incêndios em propriedades rurais, quando flagraram a irregularidade.

De acordo com a polícia, em uma fazenda no distrito de Piraputanga, com auxílio de GPS, a equipe notou o tamanho da área que havia sido destruída. Toda a área desmatada possuía alta declividade e estava localizada nas encostas da Serra de Maracaju.

A madeira produto da vegetação estava em leiras no local e um dos amontoados sendo queimado também sem a licença ambiental. O dono da fazenda foi autuado em R$ 50 mil pelo desmatamento e também deve responder por crime ambiental, que prevê multa deum a três anos de prisão, além de um plano de recuperação da área degradada.

Jornal Midiamax