Cotidiano

Exames de covid em Campo Grande são feitos de manhã e até 35 por posto, explica Sesau

Pacientes devem ficar atentos aos dias sintomáticos e aos horários de atendimentos

Gabriel Neves Publicado em 02/06/2021, às 10h58

Imagem ilustrativa.
Imagem ilustrativa. - (Foto: Arquivo/Midiamax)

Um dia após o início da realização de exames RT-PCR, para detecção da covid-19, sem a necessidade de agendamento em Campo Grande, moradores relatam complicações no momento de realizar o teste.

A medida começou nesta terça-feira (1º), com o objetivo de aumentar a detecção de pacientes com a doença. Apesar disso, moradores da capital relatam terem ido as unidades de saúde sem conseguir realizar o exame.

Mesmo sem a necessidade de agendamento, é importante ficar atento a alguns fatores para que o exame seja realizado. De acordo com a Sesau (Secretária de Saúde), são 24 unidades de saúde que realizam os exames sem agendamento, mas apenas cinco dessas atendem no período da tarde.

“É importante ressaltar que o atendimento é realizado nos horários definidos. As unidades têm a capacidade de realização diária de 30 a 35 exames por dia cada uma”, explicou a Sesau em nota.

Outro fator que exige atenção das pessoas é a data em que a coleta do exame de RT-PCR (swab) será realizada. É preciso que o paciente esteja entre o terceiro e oitavo dia de sintomas ou ter tido contato com um caso positivo.

“O exame não é recomendado para pessoas assintomáticas, ou seja, sem sintomas, uma vez que o mesmo não realizado nestas condições pode ter o seu resultado comprometido”, comentou a secretaria de saúde.

Jornal Midiamax