Cotidiano

À espera de 237 mil doses, Saúde de MS planeja Dia D da vacinação com Janssen

Evento deve ser realizado em Ponta Porã, segundo o secretário de saúde

Mylena Rocha Publicado em 01/12/2021, às 11h20

Quem tomou a Janssen segue na espera pela dose de reforço em MS.
Quem tomou a Janssen segue na espera pela dose de reforço em MS. - Henrique Arakaki/Midiamax

Enquanto a aplicação da 3ª dose para o público adulto em geral segue a todo vapor, quem foi vacinado com a Janssen continua na expectativa pela chegada das doses. Mato Grosso do Sul deve receber 237 mil doses no início deste mês e a secretaria de Saúde planeja um Dia D de vacinação, para incentivar a população a tomar a dose de reforço da Janssen. 

O imunizante da Janssen seria de dose única inicialmente, mas estudos mostraram a necessidade de uma dose de reforço. Quem recebeu a vacina da Janssen poderá tomar a segunda dose - não sendo necessária uma terceira dose, como havia sido anunciado inicialmente. 

Com a vacinação em massa na fronteira, Mato Grosso do Sul recebeu um quantitativo maior de vacinas da Janssen em meados de julho e a população segue na expectativa pelo reforço, principalmente os 13 municípios da fronteira e a capital Campo Grande. O secretário estadual de saúde, Geraldo Resende, explicou que as doses devem chegar nos próximos dias, mas a data ainda não foi confirmada pelo Ministério da Saúde. 

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) planeja um Dia D da vacinação com a Janssen, para incentivar a dose de reforço. “Queremos receber estas vacinas e temos a construção de um Dia D da vacinação da Janssen, com a presença do ministro da saúde ou da dra. Rosana [Leite, secretária extraordinária de enfrentamento à Covid-19]. Estamos indicando para o município de Ponta Porã. Caso as vacinas cheguem, a gente inicie simultaneamente nos 79 municípios ou façamos o Dia D no dia 11 lá em Ponta Porã”, comentou.

Como será o reforço com a Janssen? 

Quem tomou a Janssen recebe somente uma dose de reforço, ou seja, a 2ª dose da vacina. Diferente do que havia sido recomendado pelo Ministério da Saúde, os vacinados com Janssen recebem somente duas doses e não três. A vacina da Janssen contava somente com uma dose e foi aplicada em mais de 237 mil moradores em Mato Grosso do Sul. Em meados de julho, a vacina foi amplamente utilizada devido ao estudo de vacinação em massa na fronteira, quando todos os moradores de 13 cidades tiveram a oportunidade de ser imunizados. As doses que sobraram no estudo ainda foram distribuídas aos outros municípios. A cada 10 vacinados em MS, um recebeu a vacina da Janssen. 

Agora, a definição é de que os vacinados recebam uma dose de reforço da Janssen. O secretário estadual de saúde, Geraldo Resende, explicou nesta manhã que a nova orientação é de que seja aplicada somente a 2ª dose de Janssen. “Pelos estudos realizados, precisava ser aplicado uma segunda dose e o ministério havia apontado até uma terceira dose [de Janssen]. Agora, pelo que foi estabelecido, a terceira dose não existirá. É só uma dose de reforço, uma segunda dose para a vacina da Janssen”, reforçou.

Jornal Midiamax