Cotidiano

Em seis dias, barreiras abordaram 37,5 mil e 35 com suspeita de covid em Campo Grande

Em apenas seis dias de funcionamento, as barreiras sanitárias já acordaram 37,5 mil pessoas em Campo Grande. As barreiras estão localizadas em quatro pontos estratégicos, nas saídas da cidade e foram adotadas como medida de prevenção ao coronavírus. Todos os condutores que passam pelo local são orientados e têm a temperatura medida. Até agora, já […]

Mylena Rocha Publicado em 17/03/2021, às 09h36 - Atualizado às 09h51

 (Foto: Leonardo de França, Midiamax)
(Foto: Leonardo de França, Midiamax) - (Foto: Leonardo de França, Midiamax)

Em apenas seis dias de funcionamento, as barreiras sanitárias já acordaram 37,5 mil pessoas em Campo Grande. As barreiras estão localizadas em quatro pontos estratégicos, nas saídas da cidade e foram adotadas como medida de prevenção ao coronavírus. Todos os condutores que passam pelo local são orientados e têm a temperatura medida. Até agora, já foram identificados 35 casos suspeitos. 

A Prefeitura de Campo Grande explica que os pontos de intervenção têm registrado um fluxo diário de aproximadamente 6,2 mil pessoas entrando na Capital em veículos com placas do interior e de fora do Estado. Do dia 11 ao dia 16 de março, foram contabilizados 18.714 veículos e 37.514 pessoas abordadas nos quatro pontos durante o período de funcionamento. 

Desde que as barreiras sanitárias voltaram a operar na Capital, foram identificadas 35 pessoas que relataram ou apresentaram sintomas leves, como febre, dor de cabeça e coriza. Todas foram orientadas a procurarem um serviço de saúde.

As intervenções estão ocorrendo diariamente, entre 07h e 17h, nas saídas para Cuiabá, Sidrolândia, São Paulo e Três Lagoas, onde há um fluxo maior de veículos vindo dos municípios do interior e de fora do Estado. Durante as abordagens é realizada uma triagem prévia de todos os passageiros e motoristas dos veículos que entram na cidade por estes pontos, seguindo protocolo de biossegurança. Posteriormente é feita a desinfecção dos veículos.

(com informações da PMCG)

Jornal Midiamax