Cotidiano

Decreto libera o retorno das cirurgias eletivas pelos hospitais de MS

Ofício da SES informa a viabilidade do retorno das cirurgias eletivas pelos hospitais da rede pública estadual e particular

Renata Volpe Publicado em 21/07/2021, às 08h07

Vacinação contra a Covid-19
Vacinação contra a Covid-19 - Divulgação

Decreto publicado nesta quarta-feira (21) determina o retorno das cirurgias eletivas pelos hospitais da rede pública de Mato Grosso do Sul, devido ao avanço da vacinação contra a Covid-19.

A determinação foi publicada no Diário Oficial do Estado. A decisão revoga dispositivos do decreto de 31 de março deste ano, que institui medidas restritivas voltadas ao enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do coronavírus no Estado.

Para a decisão, foi levado em consideração que a SES-MS (Secretaria de Estado de Saúde), por intermédio do Ofício Circular do último dia 15, informa a viabilidade do retorno das cirurgias eletivas pelos hospitais da rede pública estadual e da rede contratualizada.

O decreto é assinado pelo governador Reinaldo Azambuja (PSDB) e pelo secretário de Saúde, Geraldo Resende. 

Boletim da SES, divulgado na última terça-feira (20), mostra a queda no número de mortes registradas pela Covid-19. Ontem foram registradas mais 32 mortes. Com os novos óbitos, o total de vítimas fatais em MS chega a 8.725 mortes desde o início da pandemia.

Jornal Midiamax