Cotidiano

Com força-tarefa e plano em ação, Campo Grande se prepara para temporal no fim de semana

Município terá 460 servidores disponíveis para atender a população em caso de tempestade

Mariane Chianezi e Fábio Oruê Publicado em 22/10/2021, às 16h17

None
De arquivo, Midimax

Após a tempestade com ventos de 100 km/h atingir Campo Grande no dia 15 de outubro, há uma semana, o Município se prepara para receber um novo temporal que promete chegar a cidade no fim de semana.

[Colocar ALT]
Foto: Leonardo de França, Midiamax

Conforme o prefeito Marquinhos Trad (PSD), a Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos) já foi intimada a realizar reparos preventivos na Capital, para evitar pontos de alagamentos, pois a previsão indica que poderá chover 73 mm somente na manhã de domingo (24).

O meteorologista Natálio Abrahão, da Estação Meteorológica Uniderp, explicou que a chuva chegará a Campo Grande já na noite de sábado (23) e se estenderá até a madrugada de domingo.

“Haverá picos de ventos que poderão chegar a 70 km/h. Ventos acima de 54 km/h já são o suficiente para derrubar árvores e destelhar casas. A vegetação já estava fragilizada antes da tempestade [do dia 15 de outubro], agora estão mais ainda”, disse.

As nuvens deverão se concentrar em seis regiões: Vila Popular, Vila Progresso, Morenão, Parque do Sóter, área do Shopping Campo Grande e Parque dos Poderes. Cidades do interior também poderão ser atingidas pelo fenômeno: Água Clara, São Gabriel do Oeste, Sidrolândia, Terenos, Ivinhema e Aquidauana.

Força-tarefa se prepara

Além das medidas preventivas, a Prefeitura Municipal informou que terá um efetivo de 460 servidores disponíveis para atender a população em caso de tempestade no fim de semana. Além de 99 veículos, sendo 36 caminhões, 3 caminhonetes e 60 veículos menores.

A Sisep terá equipe de 100 servidores convocados para ficar em alerta logo nas primeiras horas da chuva e 200 estarão de sobreaviso. Serão 30 caminhões e maquinários.

A Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) também contará com 100 servidores, entre agentes e técnicos de semaforização e manutenção.

Os moradores também terão apoio da SAS (Secretaria de Assistência Social). Serão 100 servidores convocados e 30 veículos disponibilizados. Entre os Cras (Centros de Referência de Assistência Social), 21 unidades estarão monitorando as famílias cadastradas que vivem em vulnerabilidade em áreas de risco.

Tempestade de areia em MS

A meteorologia do Climatempo aponta possibilidade de ocorrer novo temporal de poeira em Mato Grosso do Sul neste fim de semana. Apesar de menos intenso, há risco iminente de vendaval e possibilidade de levantamento de poeira novamente. Isso devido à combinação de vários fatores: a chegada de temporal, vendavais e solo seco geram a possibilidade da formação de nova nuvem de poeira.

Modelos meteorológicos apontam que áreas de instabilidade voltam a espalhar fortes temporais no Estado no domingo, por conta de sistema de baixa pressão atmosférica que se forma entre o Paraguai e Mato Grosso do Sul. Além disso, a passagem de frente fria canaliza a umidade que vem da Região Norte e atravessa o Estado.

Jornal Midiamax