Cotidiano

Com 45 mil vacinados com a Janssen, Campo Grande aguarda remessa para aplicar D2

Mesmo com 507 mil vacinas em estoque em MS, não há doses da Janssen

Mylena Rocha Publicado em 17/11/2021, às 09h44

Campo Grande aguarda a chegada de uma nova remessa para aplicar a D2 em 45,5 mil pessoas.
Campo Grande aguarda a chegada de uma nova remessa para aplicar a D2 em 45,5 mil pessoas. - Henrique Arakaki/Midiamax

Muitos já estão na expectativa pelo reforço na imunização depois que foi anunciada a 3ª dose para toda a população adulta em Campo Grande. No geral, basta aguardar sua idade pelo calendário do município e ter pelo menos quatro meses de intervalo de aplicação da 2ª dose. Contudo, para quem foi imunizado com a vacina da Janssen, que era de dose única, será um pouco diferente. Sem doses da Janssen em estoque, Campo Grande aguarda a chegada de uma nova remessa para aplicar a D2 em 45,5 mil pessoas. 

Para quem ainda não entendeu como irá funcionar, é importante ficar atento. A vacina da Janssen era de dose única, porém notou-se a necessidade de uma segunda dose. Ou seja, enquanto o resto da população em geral deve receber a 3ª dose, os vacinados com a Janssen recebem uma 2ª dose e só depois receberão a dose de reforço. 

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) reforça que, para a aplicação da dose de reforço, antes é preciso uma segunda dose da vacina da Janssen. “Uma vez que, segundo o Ministério da Saúde, percebeu-se a necessidade desta segunda aplicação no público que havia recebido a vacina que, inicialmente, seria de dose única. Desta forma, orienta-se aguardar o recebimento de um novo lote do imunizante para que seja ministrada a segunda dose”, orientou. 

Depois de receber a 2ª dose, é preciso aguardar quatro meses para receber a dose de reforço, também conhecida como a 3ª dose. Enquanto o calendário já começou a chamar pessoas a partir de 57 anos para a dose de reforço, para quem foi imunizado com a Janssen só resta esperar. 

Em Campo Grande, 45,5 mil pessoas foram imunizadas com dose única da Janssen. Para tomar a D2, a população precisa esperar a chegada de doses. A SES (Secretaria de Estado de Saúde) explica que aguarda definição do Ministério da Saúde sobre quando será enviada remessa com doses da Janssen. O Estado tem um estoque com 507,6 mil doses disponíveis de Astrazeneca, Coronavac e Pfizer. 

Expectativa para chegada das doses

Sul-mato-grossenses com mais de 18 anos que tomaram a vacina da covid-19 de dose única do laboratório Johnson&Johnson, conhecida como Janssen, precisarão atualizar o calendário vacinal com mais duas doses de imunizantes. Ao Jornal Midiamax, Resende detalhou que, ainda nesta semana, o Ministério da Saúde deve encaminhar a pauta da vacina Janssen, com os protocolos para aplicação da segunda dose. A expectativa é que o primeiro lote — com quantidade de doses ainda indefinida — chegue nesta semana a MS.

"Em Mato Grosso do Sul, nós recebemos doses a mais que nos outros estados, pois foi realizado o estudo na fronteira em 13 cidades com esta marca de vacina. Isso dá um quantitativo de 237 mil que temos a receber somente para a D2, pois não temos em estoque", detalhou Resende.

Jornal Midiamax