A capacidade do número de visitantes na Gruta do Lago Azul, um dos principais atrativos turísticos do município de Bonito, foi ampliada para 210 pessoas, devido à estabilidade nos casos de Covid-19.

De acordo com o (Instituto de de Mato Grosso do Sul), antes da pandemia, a Gruta recebia até 300 visitantes por dia, mas ficou fechada para visitação pública por um ano e retomou o atendimento em março de 2021, limitando a 80 pessoas por dia, com um grupo de cada vez. 

Com a portaria publicada nesta sexta-feira (3), a autorização do aumento da visitação é de 70% e passa a valer a partir de hoje. O aumento do fluxo de turistas na gruta fica atrelado ao cumprimento das medidas de biossegurança, incluindo o uso de máscaras com alta capacidade de filtração, sendo PFF2 ou N95. Cada grupo será composto por no máximo nove visitantes, totalizando dez pessoas com o guia de turismo. O primeiro horário para acesso ao grupo será às 7h e o último às 14h.

Porém, a portaria não recomenda o acesso de pessoas imunodeprimidas ou com limitações de locomoção e ainda determina que a operação do atrativo turístico deve dispor de Sistema de Gestão de Segurança conforme normas técnicas, incluindo o preenchimento obrigatório da ficha de seguro e assinatura de um Termo de Reconhecimento de Risco pelos visitantes.

Com assessoria