Cotidiano

Após 'mini-lockdown', cidade de MS registra filas em agências bancárias

Município decretou medidas mais rígidas durante o feriadão e moradores foram atrás do serviços pela manhã

Mariane Chianezi Publicado em 07/06/2021, às 15h35

None
Foto: PC de Souza/Edição MS

Após o ‘mini-lockdown’ na cidade de Coxim, a 258 km de Campo Grande, registrou intensa movimentação nas agências bancárias da cidade pela manhã desta segunda-feira (7). Com o decreto de medidas mais rígidas durante o feriadão, os moradores formaram filas “quilométricas” em frente às agências em busca de atendimento.

Conforme o site Edição MS, os clientes das agências buscaram os serviços devido ao quinto dia útil e datas de vencimento de contas. Um morador, de 48 anos, disse que precisou procurar a agência para evitar o corte de energia elétrica de casa.

“O dinheiro das diárias só entrou no sábado, justamente quando estava tudo fechado”, disse o morador, justificando o pagamento do boleto somente nesta segunda-feira. A orientação os bancos é que os clientes acessem os serviços pelos aplicativos, para evitar exposição e aglomeração em filas. Somente em casos de necessidade, a orientação é ir até uma agência física.

Na última sexta-feira (4), a Vigilância Sanitária determinou o fechamento de um correspondente bancário que manteve as atividades abertas na região central da cidade. O funcionamento fere decreto municipal que determinou o fechamento do comércio durante o feriadão de Corpus Christi, incluindo todas as instituições financeira.

Jornal Midiamax