Cotidiano

Amigos pedem doação de sangue para Jansen Moussa, internado após acidente com morte do filho na BR-262

O acidente entre uma camionete Hillux e um Jeep deixou três mortos

Gabriel Neves Publicado em 08/06/2021, às 09h14

Jeep Renegade tombou após a colisão frontal com a Hilux.
Jeep Renegade tombou após a colisão frontal com a Hilux. - (Foto: Divulgação/PRF)

Familiares e amigos de Jansen Moussa estão realizando uma campanha online pedindo doações de sangue O-, atualmente com baixo estoque no Hemosul. Moussa é um dos envolvidos no acidente ocorrido no último sábado (5), entre um Jeep Renegade e caminhonete Hilux, que matou Matheus Gonçalves Moussa, 8 anos, filho de Jansen.

Utilizando as redes sociais, amigos e familiares pedem para que pessoas com tipagem O- realizem a doação no Hemosul de Campo Grande, em nome de Jansen Moussa. Para isso, basta ir até o local e informar que a doação é para uma pessoa especifica, assim doador será orientado.

Segundo familiares, Jansen está bem e a doação se trata de uma medida de uma precaução, pois o paciente pode precisar de sangue em caso de alguma urgência.

O acidente

O acidente ocorreu a 100 quilômetros do perímetro urbano de Corumbá, próximo ao posto fiscal Buraco das Piranhas, no km-674 da BR-262, por volta das 7h40 do último sábado (5).

Com a colisão, o Jeep tombou na pista. Matheus Moussa, que morreu no acidente, estava no banco traseiro da Hilux. O condutor da camionete identificado como José Roberto Segrillo Faker, 38 anos, também morreu no local.

No Jeep, estava Gabriel Silva de Almeida, 25 anos, que também morreu. Conforme o Corpo de Bombeiros, o condutor do Jeep estava indo de Campo Grande a Corumbá, enquanto a Hilux seguia para a Capital.

Jansen foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado à Santa Casa de Corumbá, onde passou por cirurgia no abdômen e foi encaminhado ao CTI (Centro de Terapia Intensiva).

Jornal Midiamax