O PNE (Portal Nacional da Educação) recomendou nesta terça-feira (17), por meio de comunicado oficial, a suspensão imediata das aulas em instituições de ensino, seja pública e privada em todos os níveis de escolaridade pelos próximos 15 dias, prazo este podendo ser prorrogado devido ao coronavírus, o Covid-19.

O PNE, ainda em nota, explica que a atitude é evitar superlotações dos sistemas de saúde e que mesmo que os jovens não estejam no grupo de risco, são considerados potenciais transmissores para familiares, vizinhos e trabalhadores das escolas.

“Contamos com a prudência e medidas necessárias das gestões e secretarias, assim como do setor privado e público, no sentido de propor alternativas a cada trabalhador, mesmo os terceirizados, para que a pandemia seja a mais controlada possível, sem acarretar danos ao país”, diz o PNE.

Em , a rede municipal de ensino também vai paralisar as atividades a partir de quarta-feira. As unidades da Rede Estadual de Ensino, no entanto, ainda não terão atividades paralisadas, conforme informou nesta segunda o Governo do Estado.

A maioria das universidades públicas e privadas de também optaram por suspender suas aulas pelo mesmo prazo, evitando a aglomeração e consequentemente, a proliferação e propagação do vírus.