Cotidiano

Depois de 23 dias internado, morre 2ª vítima de acidente em avenida de Chapadão do Sul

Depois de 2 dias internado, Nedson do Amaral Diniz, de 39 anos, morreu na Santa Casa de Campo Grande no último domingo (1°). Ele era um dos ocupantes do Fiat Doblo atingido por um Chevrolet Cruze, que teria invadido a preferencial na Avenida 33, em Chapadão do Sul, a 330 quilômetros da Capital. No dia, […]

Dayene Paz Publicado em 03/11/2020, às 07h47 - Atualizado às 10h21

Três pessoas foram socorridas no dia e duas morreram. Imagem: Jovem Sul News
Três pessoas foram socorridas no dia e duas morreram. Imagem: Jovem Sul News - Três pessoas foram socorridas no dia e duas morreram. Imagem: Jovem Sul News

Depois de 2 dias internado, Nedson do Amaral Diniz, de 39 anos, morreu na Santa Casa de Campo Grande no último domingo (1°). Ele era um dos ocupantes do Fiat Doblo atingido por um Chevrolet Cruze, que teria invadido a preferencial na Avenida 33, em Chapadão do Sul, a 330 quilômetros da Capital. No dia, Diogo Damaceno Araújo, de 26 anos, morreu a caminho do hospital.

Nedson do Amaral sofreu traumatismo craniano e trauma pulmonar. Ele foi levado para a Santa Casa, chegou a sair dos sedativos e mostrou sinais de melhora na primeira semana de internação. No entanto, não resistiu e morreu. Ele será sepultado na cidade de Dourados, onde vivem os familiares.

O acidente ocorreu no dia 9 de outubro, quando Diogo dirigia o Doblô, que se envolveu em um acidente com um Chevrolet Cruze. Segundo informações, Diogo e mais dois colegas de trabalho retornavam do serviço e transitavam pela Avenida 33, no Centro da cidade. O veículo em que estavam foi atingido pelo Cruze, que transitava pela Avenida Quatro e teria passado a preferencial. Diogo morreu a caminho do hospital.

(Matéria editada às 10h20, para correção de informação)

Jornal Midiamax