Durante ação para prevenção de queimadas, equipes da Marinha do Brasil e PMA ( Ambiental), realizaram nesta quinta-feira (30) fiscalização e conscientização de moradores ribeirinhos de áreas do Pantanal de e Ladário, a 417 quilômetros de Campo Grande.

Segundo o Diário Corumbaense, os militares fiscalizaram a Ilha do Itajiloma e a ponta do aterro da Baía Negra. O objetivo da ação é vistoriar os principais causadores e a origem dos incêndios. Além disso, muitos moradores ateiam fogo de forma irregular para “limpar” terrenos, que é considerado crime ambiental.

Conforme o Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), as cidades liberam o ranking de queimadas em . São mais de 4 mil focos de calor registrados em julho, sendo, 70% em Corumbá.

Equipes das , Corpo de Bombeiros estão em força-tarefa em combate aos focos. Aeronaves estão fazendo apoio com lançamento de água em áreas de difícil acesso.