Cotidiano

Cidade de MS endurece medidas em estabelecimentos para frear avanço do coronavírus

A cidade de Fátima do Sul, 243 quilômetros de Campo Grande, decidiu endurecer as regras para bares, lanchonetes, restaurantes e estabelecimentos similares. Com novo decreto publicado na tarde de sexta-feira (28), ficou vedada a disposição de mesas nos arredores dos locais, mas autorizada utilização do sistema delivery. Pelos próximos 14 dias, o novo decreto estabelece […]

Vinícius Costa Publicado em 29/08/2020, às 07h48 - Atualizado às 17h08

Fátima do Sul já registrou 9 mortes por coronavírus. (Imagem: Divulgação, Prefeitura de Fátima do Sul)
Fátima do Sul já registrou 9 mortes por coronavírus. (Imagem: Divulgação, Prefeitura de Fátima do Sul) - Fátima do Sul já registrou 9 mortes por coronavírus. (Imagem: Divulgação, Prefeitura de Fátima do Sul)

A cidade de Fátima do Sul, 243 quilômetros de Campo Grande, decidiu endurecer as regras para bares, lanchonetes, restaurantes e estabelecimentos similares. Com novo decreto publicado na tarde de sexta-feira (28), ficou vedada a disposição de mesas nos arredores dos locais, mas autorizada utilização do sistema delivery.

Pelos próximos 14 dias, o novo decreto estabelece que os locais de atendimento deverão atender os clientes na forma de pedido prévio, proibindo o consumo no local e sendo obrigatório a utilização da máscara para entrar nos estabelecimentos.

O comércio poderá ficar aberto na cidade até às 21h30, com o toque de recolher sendo iniciado a partir das 22h.

A Prefeitura também veda as aglomerações, inclusive reunião e festas particulares por pessoas que não sejam do mesmo convívio residencial. Caso as medidas sejam descumpridas, sanções serão aplicadas pelas autoridades municipais.

Fátima do Sul, conforme o último boletim disponibilizado pela prefeitura, conta com 32 pacientes ativos, 99 casos monitorados e 33 ainda aguardam exames. Além dos números, a cidade conta com 9 óbitos registrados desde o início da pandemia.

Jornal Midiamax