Cotidiano

Alunos de Campo Grande disputarão seletiva nacional de projetos voltados ao saneamento

Dois alunos da rede pública de ensino em Campo Grande disputarão a seleção nacional de trabalhos do Projeto Pioneiros, realizado pela Aegea, holding da Águas Guariroba. Os alunos Luiz Diego Brito e Maria Vitória Acosta Ribeiro da Escola Estadual Professor Silvio Oliveira dos Santos, foram os finalistas com o projeto de reutilização da água do […]

Gabriel Maymone Publicado em 17/12/2020, às 09h16

Luiz Diego e Maria Vitória levarão projeto para seletiva nacional, em São Paulo. (Foto: Divulgação)
Luiz Diego e Maria Vitória levarão projeto para seletiva nacional, em São Paulo. (Foto: Divulgação) - Luiz Diego e Maria Vitória levarão projeto para seletiva nacional, em São Paulo. (Foto: Divulgação)

Dois alunos da rede pública de ensino em Campo Grande disputarão a seleção nacional de trabalhos do Projeto Pioneiros, realizado pela Aegea, holding da Águas Guariroba. Os alunos Luiz Diego Brito e Maria Vitória Acosta Ribeiro da Escola Estadual Professor Silvio Oliveira dos Santos, foram os finalistas com o projeto de reutilização da água do ar condicionado.

O projeto teve como objetivo aprofundar o conhecimento dos jovens do ensino médio da rede pública sobre o mercado de trabalho, as diferentes áreas e serviços de infraestrutura e saneamento. Para a etapa final, os alunos, organizados em dupla, apresentaram um projeto tendo como tema as ações sustentáveis e de saneamento. O trabalho finalista segue para a seletiva nacional, onde irá disputar com os projetos selecionados das outras unidades participantes da Aegea.

A entrega dos troféus e certificados dos trabalhos finalistas foi realizada na última terça-feira (15). Para a dupla finalista, a maior experiência do projeto foi acompanhar e poder desenvolver algo que fosse inovador e também benéfico para as ações sustentáveis. “Desde o começo tivemos o pensamento voltado para a inovação. Também fizemos mudanças ao longo do desenvolvimento do projeto e isso foi uma grande experiência para nós. Além disso pudemos acompanhar o trabalho de tratamento de água, o que nos ajudou a entender que o tema que estávamos desenvolvendo era de grande relevância”, disse Luiz.

“Esse projeto será encaminhado para São Paulo onde concorrerá com mais projetos na etapa nacional”, destacou o gerente regional de projetos sociais da Águas Guariroba, Willian Carvalho.

Jornal Midiamax