Cotidiano

A ‘passos lentos’, nível do Rio Paraguai sobe, mas continua abaixo do normal

Mesmo com as intensas chuvas registradas nos últimos dias, o nível do Rio Paraguai continua abaixo do normal e sobe a ‘passos lentos’. Na atualização do boletim hídrico da Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), foram registrados 28,6 milímetros de chuva. De acordo com o balanço, em Ladário, a régua marca […]

Karina Campos Publicado em 30/10/2020, às 14h31 - Atualizado às 14h58

Ilhota no meio do Rio Paraguai, em Assunção. (Foto: ABC Color)
Ilhota no meio do Rio Paraguai, em Assunção. (Foto: ABC Color) - Ilhota no meio do Rio Paraguai, em Assunção. (Foto: ABC Color)

Mesmo com as intensas chuvas registradas nos últimos dias, o nível do Rio Paraguai continua abaixo do normal e sobe a ‘passos lentos’. Na atualização do boletim hídrico da Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul), foram registrados 28,6 milímetros de chuva.

De acordo com o balanço, em Ladário, a régua marca -23 cm de quarta-feira (28) a sexta-feira (30); no Porto da Esperança, o nível baixou de -40 cm para -36 cm no mesmo período; e em Porto Murtinho o nivelamento subiu para 104.

A boa notícia é que as outras afluentes já estão normalizadas. É o caso do Rio Aquiaduana/Miranda. No trecho do distrito de Palmeiras, com 39,8 mm, o nível subiu para 238; em Aquidauana de 280 para 450; Estrada MT-738 de 280 para 479; Miranda de 183 para 359.

A ‘passos lentos’, nível do Rio Paraguai sobe, mas continua abaixo do normalAs outras fluentes do Rio Piquiri, Taquari também já entraram na medida normal do ano.

O analista de recursos hídricos, Lincoln Curado, explicou que ainda falta a constante de chuvas intensas para que os rios do Estado saiam da situação de estiagem e alcancem a normalidade. “A chuva para influenciar no nível rio Paraguai precisa ser mais constante”, disse.

Jornal Midiamax