Cotidiano

Prefeitura estuda retirar Afonso Pena do itinerário de ônibus em Campo Grande

Os dias de quem embarca e desembarca nos ônibus do transporte público na Avenida Afonso Pena podem estar contados. Isso porque, um projeto que tramita na Agetran (Agência Municipal de Transporte e Transito), prevê a retirada dos ônibus da principal avenida da Capital. O prefeito Marquinhos Trad (PSD) disse durante agenda nesta quarta-feira (31), que […]

Mariane Chianezi Publicado em 31/07/2019, às 17h10 - Atualizado em 01/08/2019, às 10h08

Foto: Mariane Chianezi/Jornal Midiamax
Foto: Mariane Chianezi/Jornal Midiamax - Foto: Mariane Chianezi/Jornal Midiamax

Os dias de quem embarca e desembarca nos ônibus do transporte público na Avenida Afonso Pena podem estar contados. Isso porque, um projeto que tramita na Agetran (Agência Municipal de Transporte e Transito), prevê a retirada dos ônibus da principal avenida da Capital.

O prefeito Marquinhos Trad (PSD) disse durante agenda nesta quarta-feira (31), que estudos estão sendo feitos para retirar os ônibus do tráfego da avenida, mas não deu maiores detalhes do projeto.

A reportagem falou com a assessoria do Consórcio Guaicurus e foi confirmado a medida. Apesar de confirmar o estudo, a empresa afirmou que quem está cuidando dessa possível mudança é a Agetran. Em contato, a Agetran não respondeu os questionamentos da reportagem e o diretor-presidente, Janine de Lima Bruno, não atendeu os telefonemas.

Projeto antigo

Em 2013, a Prefeitura Municipal chegou a estudar a retirada dos ônibus da avenida, mas o projeto não chegou a vigorar. Na época também foi discutido a redução do canteiro central da Afonso Pena para implantação de um corredor de ônibus, mas então, surgiu a alternativa de retirar os veículos da via.

O projeto de mobilidade urbana, tinha recursos do PAC Mobilidade, e estava previsto para mudar a revitalização do centro de Campo Grande.

Jornal Midiamax