Cotidiano

Morto na BR-262, músico do grupo Zíngaro voltava de show em Campo Grande

Encontrado morto após acidente na BR-262 na manhã deste domingo (28), Waldecir Molina Paia, de 32 anos, era músico do grupo Zíngaro. Ele voltava para Ribas do Rio Pardo após uma apresentação do grupo em Campo Grande. O grupo musical postou uma nota de falecimento no Facebook. “É com imensa tristeza que viemos aqui informar […]

Mylena Rocha Publicado em 28/07/2019, às 10h37 - Atualizado em 29/07/2019, às 08h38

Foto: Reprodução/Facebook
Foto: Reprodução/Facebook - Foto: Reprodução/Facebook

Encontrado morto após acidente na BR-262 na manhã deste domingo (28), Waldecir Molina Paia, de 32 anos, era músico do grupo Zíngaro. Ele voltava para Ribas do Rio Pardo após uma apresentação do grupo em Campo Grande.

O grupo musical postou uma nota de falecimento no Facebook. “É com imensa tristeza que viemos aqui informar uma tragédia. O falecimento do nosso querido contra baixista Waldecir Molina, mais conhecido como Sulla”, diz a postagem. Um colega do músico contou ao Jornal Midiamax que ele estava na cidade para uma apresentação em uma casa noturna no bairro Jardim Centenário.

No local do acidente, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) não soube explicar como ele se acidentou. A hipótese é que ele estava seguindo de Campo Grande para Ribas do Rio Pardo, quando teria ido parar do outro lado da rodovia. Não se sabe se o motociclista tentou fazer uma ultrapassagem, se teve um mal súbito ou se teria perdido o controle da direção.

De acordo com informações do Corpo de Bombeiros, a vítima teve um trauma no crânio porque acabou batendo a cabeça na estrada após perder o capacete com o impacto do acidente.

Jornal Midiamax