Cotidiano

Governo quita R$ 3,2 milhões em salários atrasados em Hospital Regional

Os atrasos no pagamento dos salários de alguns funcionários do Hospital Regional de Ponta Porã foram quitados nesta semana pelo Governo do Estado. O valor referente aos benefícios e encargos trabalhistas somaram cerca de R$ 3,2 milhões, devido a rescisão no contrato com a antiga gestora da unidade hospitalar. Além desse valor, que serviu para […]

Vinícius Costa Publicado em 10/05/2019, às 12h08

Hospital Regional de Ponta Porã. (Divulgação, Governo do Estado)
Hospital Regional de Ponta Porã. (Divulgação, Governo do Estado) - Hospital Regional de Ponta Porã. (Divulgação, Governo do Estado)

Os atrasos no pagamento dos salários de alguns funcionários do Hospital Regional de Ponta Porã foram quitados nesta semana pelo Governo do Estado. O valor referente aos benefícios e encargos trabalhistas somaram cerca de R$ 3,2 milhões, devido a rescisão no contrato com a antiga gestora da unidade hospitalar.

Além desse valor, que serviu para quitação dos atrasos, o governo repassou uma verba de outros R$ 11 milhões para FIS/Saúde (Fundo para Investimentos Sociais em Saúde), recurso que é distribuído aos 79 municípios do Estado para ajudar nos investimentos na área da saúde.

Na última semana, o secretário da pasta e responsável pela área da saúde em Mato Grosso do Sul, Geraldo Resende afirmou que os pagamentos não haviam sido realizados por conta de um “entrave judicial” e por isso, o repasse do mês de março ficou interrompido. A liberação dos recursos ocorreu nesta semana e os funcionários receberam os benefícios de março e abril.

Desde o mês de março, a administração do Hospital Regional José Simone Netto passou a ser gerida pelo Instituto Acqua por determinação de nova OS (Organização Social), onde o principal objetivo é melhorar o atendimento também de outros sete municípios, totalizando 220 mil habitantes.

Jornal Midiamax