Cotidiano

Após paralisação, Santa Casa retoma negociação com médicos cirurgiões

Os 16 médicos que chegaram a paralisar serviço na última sexta-feira (3) na Santa Casa, retomaram o serviço no sábado (4) e hospital anunciou que retomou as negociações. Categoria estaria pedindo ‘série de exigências’ e uma delas seria aumento de 87% no valor das horas extras em plantões; Santa Casa oferece 15%. Conforme a entidade, os […]

Mariane Chianezi Publicado em 07/05/2019, às 14h01

None

Os 16 médicos que chegaram a paralisar serviço na última sexta-feira (3) na Santa Casa, retomaram o serviço no sábado (4) e hospital anunciou que retomou as negociações. Categoria estaria pedindo ‘série de exigências’ e uma delas seria aumento de 87% no valor das horas extras em plantões; Santa Casa oferece 15%.

Conforme a entidade, os médicos assinaram um documento anunciando que encerrariam os serviços na unidade caso solicitações não fossem atendidas e, na última sexta-feira (3), pararam de atender no setor.

Ainda segundo a Santa Casa, no sábado (4) a noite, os profissionais procuraram o hospital e se comprometeram a retornar ao trabalho desde que negociação fosse retomada. “As conversas serão reiniciadas ainda nesta semana”, disse entidade por meio da assessoria de imprensa.

A AMMS (Associação Médica de Mato Grosso do Sul) manifestou apoio a categoria e emitiu nota, afirmando que médicos não podem oferecer um trabalho digno sem antes garantir o sustento de suas famílias. “A população e a classe médica esperam que a Santa Casa cumpra com suas obrigações e realize o pagamento aos médicos que prestam serviço”, disse associação em nota.

Jornal Midiamax