Cotidiano

Sesau faz testes grátis de hepatite C do trailer e CRS durante este fim de semana

Local também terá vacina contra a gripe

Evelin Cáceres Publicado em 28/04/2018, às 08h35

None

Pacientes com mais de 40 anos que tomarem a vacina contra a gripe nesta Campanha de Vacinação poderão fazer o teste rápido de Hepatite C no trailer instalado na Praça Ary Coelho e no CRS Tiradentes neste fim de semana prolongado, de 28 de abril a 1º de maio. O objetivo é diagnosticar a doença e havendo casos confirmados, encaminhar para tratamento.

Os testes estarão disponíveis na Praça Ary Coelho no sábado (28), segunda (30) e terça-feira (1º de maio). Já no CRS Tiradentes, que também estará aberto vacinando sem intervalo para almoço nos 4 dias de feriado prolongado, a testagem ocorrerá no domingo (29).

A equipe do Serviço de Infecções Sexualmente Transmissíveis (IST/AIDS) da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU) de Campo Grande em parceria com a médica infectologista Andréia Lindenberg – que é responsável pela pesquisa – esperam testar 3 mil pessoas.

Campo Grande foi escolhido com mais seis cidades brasileiras para participar do projeto piloto da pesquisa que tem por objetivo oferecer uma janela de oportunidade por meio de um método rápido e simples de diagnosticar a Hepatite C.

A Hepatite C é uma doença silenciosa e pode ficar anos sem manifestar sintomas, podendo evoluir para câncer, cirrose e até levar à morte. Até 1993, não havia teste para a detecção da Hepatite C e muitas pessoas foram infectadas por transfusão de sangue e compartilhamento de material para injeção. Por isso, recomenda-se o teste para pessoas a partir dos 40 anos. O procedimento também pode ser feito nas unidades básicas de saúde.

A coordenadora da Vigilância Epidemiológica da Sesau, Mariah Barros afirma que é “uma ótima oportunidade para a população que estiver dentro do público elegível aproveitar para tomar a vacina e verificar a condição sorológica para Hepatite C”.

A coordenadora do Programa IST/AIDS, Denise Leite Lima, garante “o apoio necessário para o desenvolvimento da pesquisa, pois temos o interesse que mais pessoas sejam diagnosticas, tratadas e curadas”.

A doença
A hepatite C é causada pelo vírus C (HCV) e assim como o vírus causador da hepatite B, está presente no sangue. Entre as causas de transmissão estão: transfusão de sangue; compartilhamento de material para uso de drogas (seringas, agulhas, cachimbos, entre outros), para higiene pessoal (lâminas de barbear e depilar, escovas de dente, alicates de unha ou outros objetos que furam ou cortam) ou para confecção de tatuagem e colocação de piercings; da mãe infectada para o filho durante a gravidez (mais rara); e, sexo sem camisinha com uma pessoa infectada (mais rara).

A transmissão sexual do HCV entre parceiros heterossexuais é muito pouco frequente, principalmente nos casais monogâmicos; sendo assim, a hepatite C não é uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST). Porém, entre homens que fazem sexo com homens (HSH) e na presença da infecção pelo HIV, a via sexual deve ser considerada para a transmissão do HCV.

(Assessoria PMCG)

Jornal Midiamax