Cotidiano

Bombeiros reforçam treinamento de resgate em casos de tentativa de suicídio na Afonso Pena

O Corpo de Bombeiros realizou um treinamento no pontilhão da avenida Afonso Pena com a avenida Ceará, em Campo Grande, na manhã desta terça-feira (11). O treinamento envolveu 15 oficiais e, devido à interdição em uma das faixas da avenida, contou com a presença da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) e da PM […]

Mylena Rocha Publicado em 11/09/2018, às 10h32

None

O Corpo de Bombeiros realizou um treinamento no pontilhão da avenida Afonso Pena com a avenida Ceará, em Campo Grande, na manhã desta terça-feira (11). O treinamento envolveu 15 oficiais e, devido à interdição em uma das faixas da avenida, contou com a presença da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) e da PM (Polícia Militar) no monitoramento do trânsito.

A interdição não causa problemas no trânsito, que flui tranquilamente. O pontilhão é um dos locais onde ocorrem tentativas de suicídio em Campo Grande, mas o treinamento não corresponde a uma atividade especial do Setembro Amarelo. “É uma atividade de rotina, coincidentemente caiu no mês de setembro”, explicou o segundo tenente Campos.

De acordo com o segundo tenente, as tentativas de suicídio são atribuições do Corpo de Bombeiros e, caso alguém presencie um caso, não deve abordar a vítima. “As ocorrências de suicídios ocorrem normalmente nos pontilhões e nas torres de transmissão elétrica. Quando presenciar uma pessoa tentando tirar a própria vida, a primeira coisa que se deve fazer é ligar para os Bombeiros no telefone 193”, explica.

Jornal Midiamax