Cotidiano

Após 13 dias, incêndio que atingiu fazendas na região do Bolsão é controlado

O incêndio florestal, que atingiu propriedades rurais da região de Cassilândia e Inocência, no Bolsão sul-mato-grossense, foi controlado na madrugada desta terça-feira (11). De acordo com os moradores, foi feita uma força-tarefa para combater as chamas que atingia a região há 13 dias. O local é de difícil acesso com serras e cavernas. Por conta […]

Wendy Tonhati Publicado em 11/09/2018, às 10h57 - Atualizado às 12h18

Incêndio já durava quase duas semanas (Foto: Via WhatsApp/Vanessa Chiappina Bonin)
Incêndio já durava quase duas semanas (Foto: Via WhatsApp/Vanessa Chiappina Bonin) - Incêndio já durava quase duas semanas (Foto: Via WhatsApp/Vanessa Chiappina Bonin)

O incêndio florestal, que atingiu propriedades rurais da região de Cassilândia e Inocência, no Bolsão sul-mato-grossense, foi controlado na madrugada desta terça-feira (11). De acordo com os moradores, foi feita uma força-tarefa para combater as chamas que atingia a região há 13 dias.

O local é de difícil acesso com serras e cavernas. Por conta do tempo seco e da estiagem que atinge a região, onde há meses não é registrado volumes significativos de chuva, o combate às chamas estava sendo prejudicado. O fogo foi controlado e apenas pequenos focos ainda são registrados no local.

Segundo os moradores, grande extensão de vegetação das propriedades rurais foi queimada assim como partes de APP (Área de Proteção Ambiental).

“Foram 10 dias intensos para todos da região. Ainda bem que somos unidos e todos se ajudaram. Onde estava o incêndio mais forte, todos os vizinhos estavam lá combatendo. Quanto aos bombeiros, a verdade é que os homens que vieram não têm culpa da falta de estrutura do Estado. Vieram apenas para constar que teve a participação dos bombeiros e tentar ajudar de alguma maneira”, relata Vanessa Chiappina Bonin que mora na cidade.

Orientações do Corpo de Bombeiros Militar em caso de incêndio florestal

  • Não jogue pontas de cigarro às margens de rodovias ou próximo a qualquer tipo de vegetação.
  • Não jogue lixo em lotes e vegetação. As latas de metal, os cacos e garrafas de vidro podem se aquecer ao sol e dar origem às queimadas.
  • Não solte balões. Além de perigoso, é crime, conforme a Lei Federal 9.605/98.
  • Ao perceber um foco de incêndio se alastrando, ligue imediatamente para o Corpo de Bombeiros Miliar pelo número 193.
Jornal Midiamax