Fim de prazo do IRPF: começa ‘correria’ por contadores em Campo Grande

Prazo termina no próximo dia 28 de abril
| 25/04/2017
- 20:01
Fim de prazo do IRPF: começa ‘correria’ por contadores em Campo Grande

Prazo termina no próximo dia 28 de abril

Faltando quatro dias para o prazo final, a de Mato Grosso do Sul recebeu cerca de 230 mil declarações de . No total, são esperadas 290 mil declarações e, como já é tradicional, muitos contribuintes deixaram para última hora.

Para fazer a declaração, são necessários os documentos do último ano e utilizar o programa gerador da Receita Federal. É possível baixar no computador de casa e ficar em dia com o ‘Leão’, mas para quem acha complicado lidar com a pelada e os números, a saída é procurar um contador, profissional que tem tido trabalho dobrado nestes últimos dias.

Em Campo Grande, além dos escritórios que tradicionalmente fazem as declarações, das universidades que oferecem o serviço em mutirões, muitos contadores autônomos aproveitam para fazer clientes nesta época. Os anúncios no Facebook são encontrados em várias comunidade e contadores com registro e também, outros profissionais oferecem o serviço.

A contadora Jaqueline Dias utilizou o anúncio em grupo para divulgar o serviço de contadora. Segundo ela, nos últimos dias, o trabalho dobrou de volume. “Eu tenho loja online também, então o pessoal conhece e eu já tenho credibilidade. Mas, o boca-a-boca, é a melhor propaganda”, diz.

Sobre os preços, Jaqueline diz que há uma tabela da referência no Conselho de Contabilidade, que serve como guia para os profissionais. “Tem uma tabela que seguimos, mas essa tabela, infelizmente, não fixa o valor dos serviços. Por ética, seguimos a tabela, mas tem contador, que nem é contador mesmo que não segue e cobra menos”, avalia.

A contadora Laudiane Salin confirma que muita gente deixa para última hora. Ela explica que declarações simples, às vezes, não são feitas nos escritórios. “O pessoal esquece e deixa para última hora. O preço varia, se for uma simples e vai aumentando dependendo da complexidade da declaração”, explica. Sobre a forma de pagamento, Laudiane diz que geralmente, só no dinheiro. “Tem que ser no dinheiro, principalmente não conhece o cliente, senão, não vai receber nunca.

De acordo com a Receita Federal, no Brasil, foram entregues 17.220.500 declarações, até a última segunda-feira (24), com estimativa de 28.300.000 até o prazo final. Os contribuintes que perderem o prazo estarão sujeitos ao pagamento de multa mínima de R$ 165,74 e máxima de 20% do imposto devido.

A Receita Federal pagará a restituição do Imposto de Renda Pessoa Física 2017 em sete lotes, entre junho e dezembro deste ano. O primeiro lote sairá em 16 de junho, o segundo em 17 de julho e o terceiro em 15 de agosto. O quarto, quinto e sexto lotes serão pagos, respectivamente, em 15 de setembro, 16 de outubro e 16 de novembro. O sétimo e último lote está previsto para ser pago em dezembro.

Veja também

Orientação é beber bastante água e evitar exposição ao sol

Últimas notícias