Mobilização faz parte da 8ª Semana da Justiça pela Paz em Casa

Uma esquete teatral sobre o empoderamento da mulher vítima de violência será apresentada nesta quarta-feira (23), às 19h30, na Feira Central de . A ação visa alertar a população sobre o problema que coloca o país como o 5º mais violento para mulheres na América Latina e Caribe.

O evento é uma ação do Poder Judiciário de MS, por meio da Coordenadoria da Mulher em Situação de e Familiar. A mobilização faz parte da 8ª Semana da Justiça pela Paz em Casa, uma ação nacional no combate à violência doméstica idealizada pela presidente do STF e do CNJ, Ministra Cármen Lúcia, e encampada pelo presidente do Tribunal de Justiça, Des. Divoncir Schreiner Maran.

Uma pesquisa do instituto Datafolha mostra que, por hora, 503 mulheres foram vítimas no Brasil, em 2016. Em Mato Grosso do Sul foram registrados nos três primeiros meses deste ano, 5 mil ocorrências de violência somente contra a mulher – o que corresponde a uma denúncia a cada 1 hora e 27 minutos. Os dados são da Secretaria Estadual de Políticas para as Mulheres.

Esquete aborda empoderamento da mulher vítima de violência na Feira Central

Desse total, foram 44 feminicídios consumados e 67 feminicídios tentados. Sendo que 67 já foram julgados, em 59 casos, houve condenação e em apenas 8 casos, houve absolvição dos acusados. E apenas 44 casos aguardam julgamento.

Agosto Lilás

Durante todo o mês de agosto, o Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul integra a campanha Agosto Lilás, do Governo do Estado de MS, além das ações já programadas neste ano de 2017, da campanha “Mulher Brasileira”, que busca conscientizar e erradicar toda forma de violência contra as mulheres.

A abertura da Semana da Justiça pela Paz em Casa ocorreu na manhã do último sábado (19) no Mercadão Municipal. Além da apresentação desta quarta na Feira Central, no sábado, dia 26, será a vez da mobilização ocorrer no Shopping Norte-Sul.