Prefeitura pagará R$ 464 mil por Plano Municipal de Coleta Seletiva

Já construtora de shopping deu poste para iluminar o Paço
| 29/07/2015
- 18:43
Prefeitura pagará R$ 464 mil por Plano Municipal de Coleta Seletiva

Já construtora de shopping deu poste para iluminar o Paço

A Prefeitura de Campo Grande pagará R$ 464 mil pelo Plano Municipal de . O projeto deve ficar pronto dentro dos próximos dez meses.

O extrato da ordem de execução de serviços foi publicado nesta quarta-feira (29) no (Diário Oficial de Campo Grande). A Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) contratou a Deméter Engenharia, da Capital, por R$ 464.250.

Conforme a publicação, o contrato é para “contratação de empresa especializada em serviços de consultoria para subsidiar a elaboração do Plano Municipal de Coleta Seletiva do município de Campo Grande”. A ordem foi assinada no dia 23 de julho e a empresa, a partir de tal, tem 300 dias para execução do serviço.

No dia 30 de junho, a Prefeitura lançou oficialmente a ampliação dos serviços de coleta seletiva de lixo em Campo Grande. Atualmente, pelas informações oficiais, o serviço chega a 100 mil residências e a previsão é de que seja estendido a toda a cidade em 2017.

Iluminação de shopping

Também está no Diogrande desta quarta a oficialização de uma doação de “posto de iluminação” para a Prefeitura. Conforme consta, o equipamento será instalado no Paço Municipal.

A doação foi feita pela empresa Calila Administração e Comércio S.A. – cearense responsável pelas obra do Shopping Bosque dos Ipês – e quem assina por ela é Juliana Cruz Caligiuri, que é diretora da Jereissati Centros Comerciais, dona do condomínio. Consta no Diogrande que a empresa doou “posto de iluminação, medição e linha de iluminação pública, livres de desembaraços de quaisquer ônus, para instalação no Paço Municipal da Prefeitura de Campo Grande”.

Veja também

Moradora que prefere não se identificar entrou em contato com a reportagem para informar a...

Últimas notícias