MPE abre inquérito para acompanhar a duplicação da BR-163 em município

MP quer apurar reflexos da obra no perímetro urbano
| 31/07/2015
- 15:54
MPE abre inquérito para acompanhar a duplicação da BR-163 em município

MP quer apurar reflexos da obra no perímetro urbano

O MPE-MS (Ministério Público Estadual em Mato Grosso do Sul) vai acompanhar as obras de duplicação da rodovia , especialmente, em Nova Alvorada do Sul, município distante 120 quilômetros de Campo Grande.

Nesta sexta-feira (31), a Promotoria de Justiça da Comarca de Nova Alvorada do Sul publicou, em seu Diário Oficial, a abertura de um inquérito civil. O objetivo é acompanhar a obra e seus reflexos no perímetro urbano da cidade.

Em Campo Grande, comerciantes do Bairro Nova Lima, região norte de Campo Grande, se reuniram esta semana com representantes do Planurb (Instituto Municipal de Planejamento Urbano). Eles discutiram sobre o fechamento de ao menos cinco acessos que ligam a Rua Jarauçu, considerada corredor comercial do bairro, à BR-163. Os empresários temem que a duplicação da rodovia possa causar prejuízos a seus negócios.

O inquérito, que será conduzido pelo promotor de Justiça Maurício Mecelis Cabral, tem como requerido a responsável pela duplicação, a concessionária da rodovia sul-mato-grossense CCR. Ela conseguiu a concessão da 163 por meio de um leilão em 2013.

De lá para cá, a privatização ainda divide opiniões. Enquanto alguns caminhoneiros que passam pelo local afirmam que pouca coisa mudou, outros dizem que houve melhorias quanto a sinalização e asfalto e a empresa afirma diminuição de acidentes com mortes. Procurada, a empresa informou, por meio de sua assessoria de comunicação, que ainda não foi notificada oficialmente, por isso, não tem conhecimento do teor para se manifestar no momento. 

Veja também

Idosa de 77 anos teve a casa destelhada na Lote 02 da Quadra 27 da...

Últimas notícias