Cotidiano

Mortos em explosão de carretas são identificados, mas polícia vai fazer DNA

Acidente aconteceu por volta das 16h30, na MS-306

Wendy Tonhati Publicado em 11/06/2015, às 13h23

None
acidente_ms-306.jpg

Acidente aconteceu por volta das 16h30, na MS-306

Os dois motoristas mortos em uma colisão entre carretas, na tarde da quarta-feira (10), na MS-306, em Costa Rica, foram identificados por funcionários da empresa que trabalham. De acordo com o boletim de ocorrência, mesmo com a identificação, a perícia técnica colheu amostras e um exame de DNA será feito, por conta dos corpos terem ficado carbonizados.

O acidente aconteceu por volta das 16h30. Uma das carretas transportava carne embalada e vinha de Pedra Preta (MT). A outra transportava diesel. Os veículos pegaram fogo e foram completamente consumidos. O Corpo de Bombeiros foi acionado e após combater às chamas, os corpos foram retirados, completamente carbonizados.

A polícia entrou em contato com as empresas e outro motorista da mesma companhia identificou as vítimas do acidente. São eles: Dhaniel Altino de Britto, de 28 anos, que conduzia a carreta carregada com carne, e Murilo Santana dos Anjos, de 20 anos, que seguia no veículo que transportava diesel.

O caso foi registrado como homicídio culposo na direção de veiculo automotor na Delegacia de Polícia Civil de Costa Rica. 

Jornal Midiamax