Cotidiano

Fábrica de refrigerante alega que ‘vazamento’ é procedimento de segurança

O fato foi considerado um incidente pela empresa

Midiamax Publicado em 11/04/2015, às 16h06

None
destaque.jpg

O fato foi considerado um incidente pela empresa

Em nota, a assessoria da fábrica de refrigerantes Coca-Cola, localizada na Avenida Gury Marques, Vila Albuquerque, região sul de Campo Grande, afirmou que o ‘vazamento’ é um procedimento de segurança adotado pela empresa. Funcionários desocuparam o prédio do estabelecimento na manhã deste sábado (11) e o Corpo de Bombeiros foi acionado.

A equipe do Jornal Midiamax esteve no local, onde funcionários informaram que o fato ocorrido dentro da empresa foi apenas um susto e que o caso seria explicado em nota. Segue o informe:

A FEMSA Brasil confirma que na manhã deste sábado, 11 de abril, acionou o Corpo de Bombeiros de Campo Grande por conta de uma suspeita de vazamento de amônia. Respeitando os procedimentos de segurança, a fábrica foi totalmente evacuada antes mesmo da chegada dos bombeiros.

A suspeita de vazamento foi provocada cheiro liberado pela abertura de uma válvula de escape que é acionada como forma de controle de pressão do sistema.

Não houve feridos. Menos de uma hora depois do incidente os bombeiros já haviam deixado o local e fábrica já estava operando normalmente.

Jornal Midiamax