Cotidiano

Construção civil deve contratar 2 mil trabalhadores temporários na Capital

Os operários serão contratados para fazer melhorias em imóveis

Midiamax Publicado em 26/11/2015, às 14h25

None
construcao_0.jpg

Os operários serão contratados para fazer melhorias em imóveis

O setor da construção civil deve contratar cerca de 2 mil trabalhadores temporários em Campo Grande para a realização de obras de ampliações, reformas e pequenas construções em residências e estabelecimentos comerciais.

Os serviços temporários são contratados por famílias e empresários que querem fazer melhorias em seus imóveis. De acordo com o Sintracom/CG (Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção Civil e do Mobiliário), muitas famílias têm por tradição juntar recursos durante o ano para poder realizar serviços de reforma para que a casa ou a empresa.

José Abelha Neto, presidente da entidade, disse que o 13° salário das famílias também contribui para realização das obras neste período do ano.

Demissões

Ainda de acordo com o sindicato, cerca de 4 mil trabalhadores dos mais de 30 mil na construção civil foram demitidos desde o início do ano por causa da crise econômica do país.

O Sintracom/CG espera que o mercado formal volte a contratar a partir do primeiro semestre de 2016, trazendo de volta para o mercado formal os mais de 4 mil operários demitidos em 2015. 

Jornal Midiamax