Cotidiano

Com 200 caminhões, motoristas lotam posto de combustível durante protesto

Manifestação acontece em Sidrolândia

Midiamax Publicado em 11/11/2015, às 15h04

None
caminhoneiros_-_jose_pereira_sidrolandia_news.jpg

Manifestação acontece em Sidrolândia

Um posto de combustível em Sidrolândia está lotado de caminhões por conta de uma manifestação que teve início na manhã desta quarta-feira (11), nas margens da BR-060, em Sidrolândia, distante 70 quilômetros de Campo Grande. Conforme o site local, Sidrolândia News, 200 veículos estão parados no local.

O protesto começou por volta das 9 horas. Na pista de rolamento, motoristas pedem para que outros caminhoneiros participem da manifestação, que contará com revezamento a cada seis horas.

A maior concentração é observada no Rio Grande do Sul, com 11 trechos, porém nenhum deles com interdição. No Paraná, oito trechos de rodovias estão bloqueados parcialmente e, em Minas Gerais, há cinco bloqueios parciais. Completam a lista Santa Catarina, com três manifestações; Bahia, Tocantins e Mato Grosso do Sul e Mato Grosso e Goiás.

Na noite dessa terça-feira (10), o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, anunciou a Medida Provisória que prevê multa de R$ 5.746 mil para os caminhoneiros que participarem de bloqueios de rodovias e R$ 19.154 mil para quem organizar interdições nas estradas.

A equipe de reportagem do Jornal Midiamax não conseguiu falar com a assessoria de comunicação da PRF (Polícia Rodoviária Federal) para saber mais detalhes sobre a manifestação e a situação nas rodovias federais em Mato Grosso do Sul.

Jornal Midiamax